MARANHÃO

BAIXO PARNAÍBA

BRASIL e Mundo

CRIMES

Videos

Você está em

Depois de ficar tetraplégica ao salvar a filha, mulher se casa em hospital no Maranhão

Maria Solange teve sonho do casamento interrompido após impedir que um tronco de árvore atingisse a filha, que possui deficiência intelectual
Do G1 MA
Nesta terça-feira (11), o Hospital Macrorregional de Coroatá foi o lugar para um casamento mais do que sonhado. Maria Solange da Conceição Lobão, de 41 anos, está tetraplégica por ter sido atingida por um tronco de árvore
Maria e Enoque se casaram em cerimônia emocionante dentro do Hospital Macrorregional de Coroatá — Foto: Divulgação
O grave acidente aconteceu no dia 9 de fevereiro, quando seu companheiro Enoque Chaves Filho, de 46 anos, cortava árvores com uma motosserra. A filha de Maria, de 17 anos, possui deficiência intelectual e estava debaixo de uma das árvores cortadas. Ao ver o perigo, Maria correu e conseguiu salvar a filha, mas foi atingida em seu lugar.
Na época do acidente, Maria se casaria com Enoque um mês depois, mas desde então ela permanece hospitalizada para estabilização e posterior cirurgia, que deve lhe proporcionar melhor qualidade de vida.
O acidente prometia interromper o casamento dos dois, mas uma mobilização de familiares e da equipe de saúde fizeram o sonho acontecer. Foi a enfermeira Luana Leal, que cuida da paciente, quem descobriu o sonho de Maria e buscou apoio para proporcionar tudo o que um casamento merece.
“Eles estavam com o casamento marcado para março e em decorrência do acontecido não houve. Ela me contou e despertou em meu coração o desejo de realizar. Ele é muito companheiro dela. Desde que ela entrou no hospital, ele nunca abandonou. Perguntei de brincadeira se eu organizasse se ele casaria e ele disse que sim. Eu e a equipe de técnicos organizamos”, comentou Luana Leal.
Casamento o casamento religioso foi oficializado por um pastor de Barra do Corda, onde o casal mora — Foto: Divulgação
Casamento o casamento religioso foi oficializado por um pastor de Barra do Corda, onde o casal mora — Foto: Divulgação
Na presença da família, padrinhos, amigos, equipe médica e muitos curiosos, Maria e Enoque oficializaram o casamento em uma cerimônia emocionante dentro do hospital.
“Foi muito bom porque tinha o sonho de casar e ter companhia. O Enoque é carinhoso. Fico tão emocionada que não tenho nem palavras para explicar”, disse a noiva Maria.
Casamento teve a presença de muitos amigos, padrinhos e familiares do casal — Foto: Divulgação
Casamento teve a presença de muitos amigos, padrinhos e familiares do casal — Foto: Divulgação
A noiva teve direito a tudo, incluindo vestido, maquiagem, penteado, buquê e alianças. O casal já morava junto há quatro anos, mas Maria queria ter a benção religiosa.
“Era o sonho dela casar e o pessoal do hospital deu essa força. Amo demais ela. Nosso compromisso é de verdade. Vou estar sempre ao lado dela”, afirmou o noivo Enoque.

Antenor Ferreira

Jornalista chapadinhense, 33 anos, apresentador de rádio e TV, e redator dessa página. Obrigado por sua visita! Siga-nos no insta: @antenor.oficial

Nenhum comentário:

Participe! Deixe seu comentário

Clique na imagem e confira!

Clique na imagem e saiba mais!

Nos Siga no Facebook

Mais lidas da semana

Ouça a rádio voz de arari!

Arquivo da página