MARANHÃO

BAIXO PARNAÍBA

BRASIL e Mundo

CRIMES

Videos

Você está em

Transplante de rosto garante nova vida a idoso que teve 60% do corpo queimado em acidente de carro

O primeiro homem negro a receber um transplante total de rosto se chama Robert Chelsea, de 68 anos. A cirurgia aconteceu nos Estados Unidos, na cidade de Boston, e teve mais de 16 horas de duração. Ao todo, 45 profissionais trabalharam no procedimento. As informações são do Metrópoles
Chelsea teve 60% do corpo queimado devido a um acidente de carro, em 2013. Um homem embriagado colidiu contra o veículo conduzido pelo idoso em uma estrada de Los Angeles, também no país norte-americano, e levou a vítima a ficar um ano e meio internado no Hospital Brigham and Women’s.

O paciente foi submetido a 30 cirurgias, mas, infelizmente, lábios, orelhas e nariz não puderem ser reconstituídos. Foi aí que a equipe médica começou a considerar a opção de transplante de rosto. O próximo passo seria encontrar um órgão compatível com Chelsea, o que seria bastante complicado uma vez que apenas 14% dos doadores nos Estados Unidos são negros.

A cirurgia foi um sucesso. Por meio de nota, o hospital divulgou um comunicado feito pelo paciente, que expressou gratidão por ter conseguido a cirurgia, após mais de um ano de espera. “Que Deus abençoe o doador e sua família que escolheram entregar esse presente precioso e me dar uma segunda chance. Palavras não podem descrever como me sinto. Estou extremamente grato e me sinto muito abençoado por receber um presente tão incrível”, disse Chelsea, no documento divulgado à imprensa.

Bohdan Pomahac, médico à frente do caso, também se pronunciou, com orgulho, sobre a cirurgia. Ele foi o primeiro profissional a realizar um transplante total de rosto nos Estados Unidos. “Apesar de ser o paciente de transplante total de rosto mais velho já registrado, Robert está progredindo e se recuperando muito rápido. Estamos ansiosos para acompanhar a melhora de vida significativa que esse procedimento trará para ele”, celebrou o cirurgião plástico.

Segundo o corpo médico, Chelsea pode recuperar até 60% das funções faciais, como sorrir e falar normalmente.

Siga o blog no FacebookInstagramTwitter YouTube

Antenor Ferreira

Jornalista chapadinhense, 33 anos, apresentador de rádio e TV, e redator dessa página. Obrigado por sua visita! Siga-nos no insta: @antenor.oficial

Nenhum comentário:

Participe! Deixe seu comentário

Clique na imagem e confira!

Clique na imagem e saiba mais!

Nos Siga no Facebook

Mais lidas da semana

Ouça a rádio voz de arari!

Arquivo da página