MARANHÃO

BAIXO PARNAÍBA

BRASIL e Mundo

CRIMES

Videos

Fique bem informado. Assista!

Fique bem informado. Assista!
Clique para se inscrever em nossa página
Você está em

Juiz mantém prisão de pai que dopou e estuprou filha de 17 anos

O juiz Aristeu Dias Batista Vilella converteu em prisão preventiva a reclusão do pai acusado de dopar e estuprar filha durante cinco dias, dentro de casa, em um condomínio em Cuiabá.
A decisão foi tomada nessa terça-feira (28), em audiência de custódia, segundo informa a página O Livre

O homem de 45 anos, cuja identidade não foi revelada, foi preso em flagrante na segunda-feira (27), durante uma nova tentativa de abuso à garota de 17 anos.

Agora, ele deverá ficar, inicialmente, 180 dias prisão enquanto seguem as investigações do caso.

Na decisão, o juiz Aristeu Dias Batista de Vilella disse que a conversão da prisão em flagrante para preventiva deve-se à segurança da vítima e à proximidade do suspeito à família, o que poderia interferir na condução do caso.

Estupros em série

No depoimento à Polícia Militar, a garota afirma que seu pai iniciou os estupros no dia 22 deste mês. Ela disse que foi forçada a tomar um remédio que a deixou sem os sentidos, recobrando a consciência algumas horas depois.

Nesses intervalos, ela disse que se via sem roupas, via o pai fazendo sexo oral nela e sentia “fortes dores” na vagina.

Siga o blog no FacebookInstagramTwitter YouTube

Antenor Ferreira

Jornalista chapadinhense, 33 anos, apresentador de rádio e TV, e redator dessa página. Obrigado por sua visita! Siga-nos no insta: @antenor.oficial

Nenhum comentário:

Participe! Deixe seu comentário

Assista!

Assista!
Clique para se inscrever na página

Clique na imagem e confira!

Nos Siga no Facebook

Mais lidas da semana

Ouça a rádio voz de arari!

Arquivo da página