MARANHÃO

BAIXO PARNAÍBA

BRASIL e Mundo

ELEIÇÕES 2020

Videos

Antenor Ferreira
Fotos: Lucas Nascimento 
Líder político Ivanildo Monteles agradece a Deus pela recuperação da Covid-19
Um momento de fé e agradecimentos tomou conta da residência da prefeita de Anapurus/MA, Professora Vanderly Monteles (PCdoB), na noite deste sábado (30). Um culto foi celebrado para agredecer a Deus pela recuperação de seu esposo e líder político, Ivanildo Monteles, que testou positivo para a Covid-19. 
O líder político passou mais de 20 dias em tratamento em um hospital de Teresina/PI, isso por que no momento em que enfrenteu delicado estado de saúde, a família não conseguiu uma UTI em São Luís. 

Foram dias díficeis, de muita aflição, mas a força desse verdadeiro campeão, aliada a fé dos familiares e amigos, fizeram com que ao final viesse a glória. Ivanildo Monteles venceu a Covid-19. 
De pé: Ivanildo Monteles vence a Covid-19

Para agradecer a Deus por essa memorável vitória, pastores de diversas denominações participaram do momento, que aconteceu na residência da família. Estiveram também presentes alguns familiares e seletos amigos, haja vista as recomendaçõe de distanciamento e isolamento social, . 
O líder político agradeceu o nosso senhor pelo dádiva de vencer essa luta, bem como a fé e apoio de todos os amigos, que torciam para que ele retornasse ao leito familiar. 
Esse jornalista que o escreve, e que graças a Deus detém de grande amizade com esse guerreiro e família há longos anos, sente-se muito feliz pela recuperação desse grande amigo, na esperança que ele desfrute de longos e abençoados anos de vida. 

Veja mais fotos desse momento de emoção:  









Prefeita Vanderly Monteles agradece apoio recebido, durante a recuperação do companheiro 



O abraço da fiel e inseparável companheira 

Diante das ações tomadas de combate ao novo coronavírus e de fortalecer a proteção dos moradores belaguenses e dos funcionários da área da saúde, a prefeitura de Belágua/MA, por meio da secretaria de saúde, instalou uma cabine de desinfecção na entrada do hospital municipal. As informações são do Aconteceu Virou Notícias 

Segundo informações da secretaria de saúde, ao entrar na cabine o sensor eletrônico aciona borrifadores que liberam substância desinfetante de alto nível contra o novo coronavírus e outros microrganismos.
A pessoa deve caminhar normalmente pela cabine durante alguns segundos. Toda superfície corporal que estiver exposta, além de roupas, sapatos, sola do sapato, cabelo, bolsa, sacolas são desinfetados. A substância tem alto poder contra vírus, fungos e bactérias. Não é necessário retirar nenhum pertence.

Além da cabine de desinfecção, o prefeito Hérlon Costa tem aplicado diversas ações de combate contra a pandemia do coronavírus no município. O prefeito pede aos belaguenses que fique em casa, só saia de casa de extrema necessidade com o uso da máscara.
A Prefeitura de Anapurus, tem intensificado e ampliado as ações de saúde, para isso, a prefeita Vanderly Monteles (PCdoB), anunciou a compra de equipamentos hospitalares para uso no combate à pandemia da Covid-19. As informações são do portal CN1. 
Entre os itens adquiridos pela Prefeitura de Anapurus estão; monitor cardíaco multiparamétrico, bomba de infusão e aparelho de eletrocardiograma.

De acordo com a prefeita Vanderly Monteles, os equipamentos estão a disposição da população. "Estamos trabalhando de forma incansável para prestar a melhor assistência aos pacientes do Covid-19", destacou a prefeita.
Diante das ações de enfrentamento ao novo coronavírus, a Prefeitura de Urbano Santos/MA, por meio da secretaria de saúde, instalou cinco cabines de desinfecção como forma de tentar proteger a população da contaminação do vírus.
Os equipamentos foram instalados nas quatro unidades básicas de saúde, localizadas nos bairros, e uma instalado no Hospital Municipal. As cabines são equipadas com pulverizadores que liberam uma substância química certificado pela Anvisa que combate vários tipos de vírus, incluindo o da covid-19. Ao entrar, as pessoas devem ficar por cerca de dez segundos para serem higienizadas.
Desde o início da pandemia do coronavírus a Prefeita Iracema Vale mantém ações para combater a disseminação do vírus no município, com a distribuição de máscaras, barreiras sanitárias, medicamentos, distribuição de cestas básicas, distribuição de kits de merenda escolar, ações de higienização e desinfecção dos principais espaços públicos, montagem de uma sala equipada com respirador portátil, um monitor cardíaco e um desfibrilador para atendimento  exclusivo de pacientes em estado grave de covid-19, além de outras ações com regras de enfrentamento ao novo coronavírus no município. 

A prefeita mencionou que melhor remédio é que "fique em casa" e que só saia de casa de extrema necessidade com o uso da máscara. 

"Primeiro de tudo, é importante conscientizar: continuamos insistindo que a população fique em casa. Se houver necessidade de sair para a rua utilize a máscara e evite aglomerações. Dentre as ações são as cinco cabine de desinfecção, onde a pessoa passa pela porta de entrada e quando sai do outro lado, ela está completamente desinfectada", finalizou a prefeita Iracema Vale.

As informações são do Aconteceu Virou Notícias  
O governador Flávio Dino falou em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (29) sobre os protocolos de reabertura do comércio e normalização das atividades em meio à pandemia do coronavírus. Ele falou sobre as críticas tanto ao isolamento social, quanto à reabertura gradual do comércio. “Seria muito mais cômodo fechar tudo até dezembro ou abrir tudo. Mas isso não é exequível e viável. É muito fácil criticar, mas temos que tomar decisões em meio a uma situação inédita, que a humanidade não experimentou nem durante a gripe espanhola, porque existiam viagens aéreas e a densidade populacional era bem menor”.
Sobre a volta às aulas, um questionamento muito frequente na sociedade, a nova proposta é que a reabertura gradual a partir do dia 15 de junho, com graduação e pós-graduação e uma série de protocolos sanitários combinando atividades presenciais e não presenciais. A explicação par ao início pelo ensino superior é porque os adultos têm mais facilidade de cumprir os protocolos.

“Esse é um processo que vai se estender até o mês de agosto. Estamos anunciando para que as escolas possam se preparar. Se Deus quiser iniciaremos até o dia 15 de junho”, explicou Dino.

O governador reforçou que se os indicadores estiverem fora de controle, tudo será reavaliado, incluindo aulas e reabertura do comércio.

As informações são do blog do Clodoaldo Corrêa 
Pesquisa do Instituto Datafolha publicada no site do jornal “Folha de S.Paulo” no final da noite desta quinta-feira (28) mostra os seguintes percentuais de avaliação da atuação do presidente Jair Bolsonaro no combate à pandemia do novo coronavírus:

Ótimo ou bom: 27% (a última foi 27%, em 27 de abril)
Ruim ou péssimo: 50% (a última foi 45%)
Regular: 22% (a última foi 25%)
Não sabe: 1% (a última foi 3%)

O levantamento ouviu 2.069 pessoas maiores de idade na segunda e na terça-feira (26). As entrevistas foram feitas por telefone. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais. 

A pesquisa também fez outras perguntas. Veja itens abaixo:

Opinião sobre a responsabilidade de Bolsonaro pelo avanço da pandemia
Muito responsável: 33%
Um pouco responsável: 20%
Não é responsável: 45%
Não sabe: 3%

Saúde

A aprovação do desempenho do Ministério da Saúde na crise sanitária, agora comandada interinamente pelo general Eduardo Pazzuelo, também caiu. Antes era 55%, foi a 76% e agora desabou para 45%.

Avaliação do desempenho do Ministério da Saúde na pandemia

Ótimo ou bom: 45%
Ruim ou péssimo: 21%
Regular: 32%
Não sabe: 2%

Governadores

Os governadores seguem melhor avaliados do que Bolsonaro. Governadores do Sul têm 68% de ótimo e bom, seguidos por de Nordeste (53%), Norte/Centro-Oeste (52%) e Sudeste (50%) - empate técnico nos quatro últimos casos.

Avaliação do desempenho do governador do estado na pandemia

Ótimo ou bom: 50% (54% na última pesquisa)
Ruim ou péssimo: 25% (20% na última pesquisa)
Regular: 24% (24% na última pesquisa)
Não sabe: 1% (2% na última pesquisa)

Opinião sobre a responsabilidade do governador do estado pelo avanço da pandemia

Muito responsável: 19%
Um pouco responsável: 20%
Não é responsável: 58%
Não sabe: 3%

As informações são do G1 
Em entrevista ao Programa Ponto Final, comandado pelo jornalista Jorge Aragão, da Rádio Mirante, nesta quinta-feira, o deputado federal Hildo Rocha se posicionou contra o adiamento das eleições municipais deste ano. O parlamentar destacou que tramitam no âmbito do parlamento federal diversas sugestões que podem ser resumidas em três propostas muito parecidas.

A primeira propõe que as eleições sejam realizadas no mês de dezembro, sem prorrogação dos mandatos atuais. A segunda prevê o adiamento das eleições para meados do ano de 2021, mas não prorroga mandatos. Já a terceira proposta estabelece o adiamento das eleições e prorrogação dos atuais mandatos para 2022 com o objetivo de unificar as eleições em uma só data.

Periodicidade das eleições é cláusula pétrea
Porém, de acordo com o parlamentar, para que haja adiamento e prorrogação de mandatos é necessário que se faça uma nova Constituição Federal. Rocha destacou ser inconstitucional fazer qualquer tipo de mudança na atual constituição que resulte em aumento ou diminuição de mandatos populares.

“Não tem como mudar facilmente a data das eleições porque a periodicidade dos pleitos é clausula pétrea, está definida na nossa Constituição”, argumentou Hildo Rocha.

Falta legitimidade para prorrogar mandatos

Rocha explicou que os atuais parlamentares não tem legitimidade e nem poder para mudar as datas e prorrogar os mandatos. “Nós somos constituintes derivados não somos constituintes originários, portanto, nós não temos legitimidade e muito menos poder para mudar as datas e prorrogar mandatos. Para que isso aconteça é necessário ser eleita uma nova constituinte”, explicou o deputado.

Muitos prefeitos e vereadores merecem continuar

Embora seja um defensor da realização do pleito em outubro, em podcast do MDB o deputado Hildo Rocha frisou que muitos prefeitos e vereadores mereciam ter o mandato prorrogado por serem bons para a população.
“Eu conheço muitos prefeitos e vereadores no Maranhão e sei que alguns deles merecem continuar os seus mandatos porque realizam trabalhos maravilhosos, são bons para o povo, mas o meu desejo não é suficiente para fazer eu rasgar ou ajudar a rasgar a Constituição Federal”, assegurou Hildo Rocha.

Propostas de adequação das eleições

Hildo Rocha apresentou três propostas no sentido de adequar a estrutura eleitoral para as eleições deste ano, em função da pandemia causada pela Covid-19.

1) Realização de convenções partidárias para escolha de candidatos de forma virtual (remota);

2) Mudança na propaganda eleitoral presencial criando, por meio da autoridade sanitária nacional, normas para a realização de reuniões e comícios com toda a segurança sanitária. Cria também de forma alternativa as reuniões e comícios virtuais (por meio eletrônico).

3) Ampliação da quantidade de sessões eleitorais diminuindo assim o número de pessoas nos locais de votação.

“Não podemos deixar de fazer as eleições, a constituição deve ser respeitada. Caso a situação de pandemia se mantenha até outubro devemos criar meios que possibilitem a realização da eleição sem expor os eleitores e eleitoras aos riscos de contrair o novo coronavírus. Entendo que essas três propostas que apresentei são suficientes para que possamos evitar aglomerações e os cidadãos e cidadãos poderão exercer o sagrado direito de escolher os seus representantes municipais” afirmou Hildo Rocha. 

Veja o vídeo: 

Diante do enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura de Urbano Santos, por meio da Secretaria de Assistência Social, forneceu Equipamentos de Proteção Individual (EPI'S) aos Conselheiros Tutelares, a fim de que a proteção  dos direitos de crianças e adolescentes não venha sofrer ação de  descontinuidade.
De acordo com o secretário de assistência social, Raniere Dutra, a ação visa a segurança dos agentes em situação de atendimento direto com a sociedade urbanosantenses.

A medida faz parte das ações preventivas contra o covid -19, cujos os  conselheiros tutelares são expostos diariamente ao risco de contágio por fazerem parte do grupo de serviços essenciais.

As informações são do Aconteceu Virou Notícias 
A Polícia Militar do Piauí anunciou na manhã desta quinta-feira (28/05) que todos os 5.700 PMs ativos deverão realizar a testagem para a Covid-19. As informações são do Meio Norte

Segundo a nota divulgada, a partir de hoje (28), o tenente-coronel Sá Júnior estará realizando a entrega dos testes por meio dos Grandes Comandos ou pessoalmente a cada comandante de OPM. Esses testes devem ser cautelados, conforme as OPMs e na quantidade constante na relação de efetivo por unidade. 
Os policiais militares lotados em Teresina devem se dirigir ao Hospital da Polícia Militar do Estado do Piauí para realizarem os testes apenas em data e horário estabelecidos previamente em planilha encaminhada pelo comandante da sua respectiva unidade. Este será o procedimento padrão para os policiais assintomáticos, que só serão atendidos nessas condições.

Por outro lado, para os policiais com sintomas e suspeita de Covid-19, o Hospital da PM ressalva que não é necessário passar por todos os protocolos acima explanados. Neste caso, o policial deve imediatamente procurar o serviço de triagem do HPM, que possui profissionais de saúde disponíveis para atendimentos e testes 24h por dia em pessoas sintomáticos. 

No interior do estado, a aplicação dos testes nas sedes de Batalhões e suas Companhias, incorporadas com seus respectivos GPMs, será de responsabilidade do comandante da OPM, que deverá estabelecer parcerias com os membros da Saúde Pública Municipal e/ou Estadual (UBS, UPA, HOSPITAIS) a fim de apoiarem e agilizarem os testes de todos os policiais. Os comandos das Companhias Destacadas e seus respectivos GPMs devem adotar o mesmo procedimento.

O Comandante Geral da PMPI enfatiza que fica terminantemente proibido o pagamento do Kit Test para COVID-19 à pessoa individual do PM, devendo o teste ser aplicado por profissional de saúde capacitado, indicado pelo comandante da OPM. Ressalta-se ainda a todos os gestores e comandantes da PMPI da capital e do interior que os testes só devem ser aplicados por profissionais de saúde aptos para tal finalidade.

Instruções para realização do teste COVID-19 nas cidades do interior

Os testes, que foram disponibilizados pela Secretaria de Saúde do Estado do Piauí, só podem ser realizados por profissionais de Saúde (Enfermeiros), e estes profissionais devem alimentar a planilha com os resultados.
Por causa da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), todos os brasileiros têm sido orientados com medidas de isolamento social e, mesmo assim, os leitos dos hospitais maranhenses seguem sendo cada vez mais ocupados. O que chama atenção, no meio dessa crise, é que o número de trotes ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de São Luís entre os meses de março a maio passou de sete mil. As informações são do G1 MA
Equipes do Samu recebem trotes durante a pandemia — Foto: Divulgação/Prefeitura
Segundo dados fornecidos pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus), de 1º de março até 21 de maio, o Samu recebeu 7.581 ligações falsas (trotes), que foram contabilizados da seguinte maneira:

3.291 trotes em março
2.500 trotes em abril
1.790 trotes em maio, até o dia 21. 

Os números são menores que os registrados no mesmo período do ano passado, quando a Semus registrou 8.514 ligações falsas, sendo 2.581 em março, 2.761 em abril e 3.172 em todo o mês de maio.

Vale lembrar que o trote telefônico é crime de acordo com artigo 266 do Código Penal que descreve: “Interromper ou perturbar o serviço telefônico é crime e o infrator poderá incorrer em pena de detenção de um a seis meses ou multa”.

"A Secretaria reforça que, apesar de o período referente a 2020, apresentar um número menor em relação a 2019, esse resultado ainda é considerado alto e acaba prejudicando o atendimento oferecido à população", disse a Secretaria ao G1.

Para tentar inibir essa prática, o órgão diz que está sendo realizada a catalogação dos números que mais efetuam ligações falsas, para que sejam adotadas as medidas necessárias.

Além disso, informa que realiza campanhas educativas sobre a importância do serviço prestado pelo Samu e os prejuízos provocados à sociedade pelos trotes feitos para a central de atendimento do órgão, principalmente neste período de pandemia.
Do G1 

O ministro da Justiça, André Luiz Mendonça, informou em uma rede social nesta quarta-feira (27) ter entrado com um habeas corpus preventivo no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar suspender o depoimento do ministro da Educação, Abraham Weintraub, à Polícia Federal.
Na reunião ministerial de 22 de abril, cujo conteúdo se tornou conhecido na semana passada, Weintraub defendeu a prisão de ministros do STF, chamados por ele de "vagabundos".

"Eu, por mim, botava esses vagabundos todos na cadeia, começando no STF", declarou o ministro na ocasião.  

O STF determinou que Weintraub preste depoimento sobre o episódio, mas o ministro da Justiça pediu que o ministro da Educação seja excluído do inquérito. 

André Mendonça argumenta que não existe relação entre o objeto do inquérito, que apura ameaças ao tribunal e a disseminação de fake news, e o exercício da liberdade de expressão. 

Mandados de busca e apreensão

André Mendonça também estendeu o pedido a todos os alvos de mandados de busca e apreensão no inquérito.

Nesta quarta (27), a PF cumpriu mandados de busca e apreensão no inquérito que apura ameaças a ministros da Corte e a disseminação de conteúdo falso na internet.

Aliados do presidente Jair Bolsonaro foram alvos da operação, entre os quais o presidente do PTB, Roberto Jefferson, e o empresário Luciano Hang. Eles negam irregularidades.
Antenor Ferreira 

As secretarias estaduais de Saúde confirmam até o fimal da tarde desta quarta-feira (27), 414.661 novos casos do novo coronavírus (Sars-CoV-2) no país. Segundo os dados, o país ultrapassou a marca de 25 mil mortos pela doença, registrando 25.697 mortes. 
Felizmente o número de pessoas recuperadas é de 190.845. 

Os dados oficiais apontados em balanço do Ministério da Saúde informam o total 25.598 mortos e 411.821 casos. Com esses números o Brasil se torna o segundo país no mundo com maior número de casos confirmados da doença, atrás apenas dos Estados Unidos.
Em pronunciamento na Câmara Federal, o deputado Hildo Rocha destacou que a bancada maranhense colocou R$ 43 milhões para o governo estadual aplicar nas ações de combate à pandemia do coronavírus
Hildo Rocha defende que esses recursos sejam utilizados apenas para a instalação de novas Unidades de Terapia Intensiva (UTI’s) em cidades do Maranhão. O parlamentar apresentou ao governador Flávio Dino a relação de 24 municípios maranhenses que tem condições de receber leitos de unidade de tratamento intensivo (UTI’s).

“Nós, da bancada federal, colocamos R$ 43 milhões de reais, em emendas impositivas, para ajudar o governador Flavio Dino a resolver o grave problema da saúde pública. Hoje um dos principais problemas na saúde pública do Maranhão é a falta de leitos de UTI’s. O custo máximo para instalação de uma UTI é de R$ 180 mil reais, então com esse dinheiro o governador pode instalar 239 leitos de UTI’s”, destacou o parlamentar.

Maranhão lidera ranking negativo

Rocha enfatizou que, de acordo com estudos do IBGE e da Fundação Oswaldo Cruz, divulgados recentemente, o Maranhão é o Estado nordestino com a menor quantidade de leitos de UTI por habitantes.

“A falta de leitos de UTI’s no Maranhão é uma triste realidade, é uma situação que envergonha e contribui para a perda de muitas vidas, principalmente neste momento de pandemia que estamos vivenciando. Esse é o retrato da precariedade do sistema de saúde pública no estado. Mas, nós parlamentares maranhenses estamos fazendo a nossa parte. Nós destinamos recursos que o governador Flavio Dino poderá investir na instalação de UTI’s em diversos municípios do Maranhão, zerar o déficit e salvar milhares de vidas”, explicou Hildo Rocha.

Vinte e quatro municípios poderão ser beneficiados

O deputado disse que apresentou ao governador Flávio Dino uma relação de municípios maranhenses que tem condições de ter unidades de tratamento intensivo.
“Indiquei ao governador Flávio Dino o uso dos recursos da bancada federal para implantação de UTI’s nos seguintes municípios: Açailândia; Amarante; Arari; Barra do Corda; Brejo; Buriticupu; Cantanhede; Carolina; Chapadinha; Codó; Esperantinópolis; Estreito; Grajaú; Itapecuru-Mirim; Lago dos Rodrigues; Nina Rodrigues; Passagem Franca; Paulo Ramos; Pirapemas; Porto Franco; São Bernardo; São Domingos do Maranhão; São José de Ribamar e Vargem Grande. Todos esses municípios tem condições de ter UTI’s, desde que o governo estadual faça a implantação e ajude os prefeitos a manterem as unidades em funcionamento como a ex-governadora Roseana Sarney fazia no tempo em que ela governava o estado”, argumentou Hildo Rocha.

Veja mais no vídeo: 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinou, nesta quarta-feira (27), a quebra de sigilos fiscal e bancário de suspeitos de financiar grupos de disseminação de fake news e ataques a instituições nas redes sociais. As informações são do G1 
Investigados pela operação da Polícia Federal 
São alvo dos pedidos de quebra de sigilo os empresários Edgard Gomes Corona, Luciano Hang, o humorista Reynaldo Bianchi Junior e o militar Winton Rodrigues Lima. As informações demandadas pelo STF se referem ao período entre julho de 2018 e abril de 2020.

Moraes preside o inquérito do Supremo que apura ataques à Corte. Nesta quarta, foi deflagrada operação da Polícia Federal para cumprir mandados judiciais contra empresários, blogueiros e parlamentares por suposta produção e disseminação de notícias falsas.
Allan dos Santos (à esquerda), blogueiro do site bolsonarista Terça Livre, durante operação da Polícia Federal contra fake news. A PF fez buscas em sua residência, em Brasília, na manhã desta quarta-feira, 27. — Foto: GABRIELA BILÓ/ESTADÃO CONTEÚDO
Na decisão, Alexandre de Moraes também determinou o bloqueio de contas em redes sociais, tais como Facebook, Twitter e Instagram de 16 investigados. A medida, diz o ministro, é necessária "para a interrupção dos discursos com conteúdo de ódio, subversão da ordem e incentivo à quebra da normalidade institucional e democrática".

O pedido também inclui a apreensão de computadores, tablets, celulares e outros dispositivos eletrônicos, bem como de quaisquer outros materiais relacionados à disseminação das aludidas mensagens ofensivas e ameaçadoras.

Ao autorizar as diligências, o ministro argumentou que "garantias individuais que não podem ser utilizados como um verdadeiro escudo protetivo da prática de atividades ilícitas" e que "em caráter de absoluta excepcionalidade, é possível o afastamento dos sigilos bancários e fiscais dos investigados, pois existentes fundados elementos de suspeita que se apoiem em indícios idôneos, reveladores de possível autoria de prática delituosa por parte daquele que sofre a investigação".

Postagens preservadas

Alexandre de Moraes enviou um ofício para que redes sociais preservem o conteúdo das postagens de parlamentares citados na operação, como de Carla Zambelli (PSL-SP).

A decisão manda ainda expedição de ofício para que a rede social Twitter forneça a identificação dos usuários "@bolsoneas", "@ patriotas" e "@taoquei1", no prazo de cinco dias.

O ministro afirma que provas colhidas apontam para a “a real possibilidade de existência de uma associação criminosa, denominada nos depoimentos dos parlamentares como 'Gabinete do Ódio'".

Segundo Alexandre de Moraes, a suposta associação criminosa seria dedicada a "disseminação de notícias falsas, ataques ofensivos a diversas pessoas, às autoridades e às Instituições, dentre elas o Supremo Tribunal Federal, com flagrante conteúdo de ódio, subversão da ordem e incentivo à quebra da normalidade institucional e democrática”.

Alexandre de Moraes afirma que recebeu o relato de que “essa estrutura, aparentemente, está sendo financiada por um grupo de empresários que, conforme os indícios constantes dos autos, atuaria de maneira velada fornecendo recursos (das mais variadas formas), para os integrantes dessa organização”.

Para o ministro, há “sérias suspeitas de que integrariam esse complexo esquema de disseminação de notícias falsas por intermédio de publicações em redes sociais, atingindo um público diário de milhões de pessoas, expondo a perigo de lesão, com suas notícias ofensivas e fraudulentas, a independência dos poderes e o Estado de Direito”.

Os investigados 

Luciano Hang, empresário (SC)
Roberto Jefferson, ex-deputado federal (RJ)
Allan dos Santos, blogueiro (DF)
Sara Winter, blogueira (DF)
Winston Lima, blogueiro (DF)
Edgard Corona, empresário (SP)
Edson Pires Salomão (SP)
Enzo Leonardo Suzi (SP)
Marcos Bellizia (SP)
Otavio Fakhoury (SP)
Rafael Moreno (SP)
Rodrigo Barbosa Ribeiro (SP)
Paulo Gonçalves Bezerra (RJ)
Reynaldo Bianchi Júnior (RJ)
Bernardo Kuster (PR)
Eduardo Fabris Portella (PR)
Marcelo Stachin (MT)

Deputados federais chamados para serem ouvidos:

Bia Kicis (PSL-DF)
Carla Zambelli (PSL-SP)
Daniel Silveira (PSL-RJ)
Filipe Barros (PSL-PR)
Junio Amaral (PSL-MG)
Luiz Phillipe de Orleans e Bragança (PSL-SP)

Deputados estaduais chamados para serem ouvidos: 

Douglas Garcia (PSL-SP)

Gil Diniz (PSL-SP)

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, por intermédio da Delegacia Especial da Mulher de Balsas, prendeu na manhã de desta quarta-feira (27) um homem suspeito de estuprar a filha de 12 anos e o neto de 4. As informações são de O Imparcial 
O mandado de prisão temporária foi expedido pelo Juizado Especial da Comarca de Balsas pela prática do crime de estupro de vulnerável, praticado contra sua própria filha e seu neto de 12 e 04 anos de idade. A filha do suspeito informou que tem sido abusada sexualmente desde os 05 anos de idade, sendo forçada a manter relações carnais e sexo anal.

A garota ainda declarou que já presenciou o avô abusando sexualmente do neto, de 04 anos de idade.

Após a prisão, o suspeito foi encaminhado para a delegacia local onde se encontra à disposição do poder judiciário.
Aliados do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) são alvos de operação da Polícia Federal (PF) deflagrada nesta quarta-feira (27/05). As informações são do Metropóles 
O dono da rede de lojas Havan, Luciano Hang, e o ex-deputado federal e presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, são alvos da ação policial. 

Além desses, o blogueiro Allan dos Santos, do site Terça Livre, e o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP), são investigados.

Os 29 mandados de busca e apreensão são cumpridos no Distrito Federal e mais cinco estados: Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso, Paraná e Santa Catarina. 

O relator do caso no STF é o ministro Alexandre de Moraes. O inquérito foi aberto no próprio STF, no dia 14 de março do ano passado, em portaria assinada pelo presidente da Corte, ministro Dias Toffoli.
Um iogue indiano que afirmava não comer nem beber há 80 anos, o que levou a estudos médicos e levantou dúvidas, morreu nesta terça-feira (26) aos 90 anos, anunciou seu vizinho à AFP.
Foto de maio de 2010 mostra Prahlad Jani escoltado por devotos e parentes após uma coletiva de imprensa em Ahmedbad, na Índia. O iogue indiano morreu nesta terça-feira (26) aos 90 anos — Foto: Sam Panthaky/AFP
Prahlad Jani, um asceta de longa barba e um pingente no nariz, veio da pequena cidade de Charada, no estado de Gujarat (oeste da Índia) e garantia que não consumia nem água nem comida desde os 11 anos.

"Morreu nesta terça-feira pela manhã, de velhice, em sua casa", declarou à AFP Sheetal Chaudhary, seu vizinho.

Jani dizia que foi abençoado por uma deusa em sua infância, o que lhe deu alguns poderes especiais. "Recebo o elixir da vida através do orifício de meu paladar, o qual me permite viver sem alimento nem água", contou à AFP em 2003.

Não é possível comprovar se o iogue estava sem consumir água nem comida durante todas essas décadas. Para os médicos, é impensável que o corpo humano possa aguentar um jejum tão longo.

O asceta criou uma pequena comunidade de fiéis e atraiu a atenção dos cientistas. Equipes médicas indianas o observaram em duas ocasiões, em 2003 e 2010.

Durante o segundo estudo, foi vigiado constantemente por câmeras, e permaneceu sem beber, comer, urinar ou defecar por duas semanas, o que gerou uma grande surpresa entre os especialistas que o observavam.

"Este fenômeno é um mistério", declarou um neurologista da equipe naquele momento.

Informações: G1 
A Polícia Federal (PF) cumpre, na manhã desta quarta-feira (27), mandados de busca e apreensão no inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre fake news. As informações são do G1
Imagem ilustrativa 
Estão sendo cumpridos 29 mandados de busca e apreensão no âmbito do procedimento, presidido pelo ministro Alexandre de Moraes.

As ordens judiciais estão sendo cumpridas no Distrito Federal, no Rio de Janeiro, em São Paulo, no Mato Grosso, no Paraná e em Santa Catarina.

Abertura do inquérito

O inquérito criminal para apurar "notícias fraudulentas", ofensas e ameaças que "atingem a honorabilidade e a segurança do Supremo Tribunal Federal, de seus membros e familiares" foi aberto em março pelo presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, sem um pedido de autoridades policiais ou procuradores e sem a participação do Ministério Público.

Também por conta própria, Toffoli designou Moraes como relator do caso. Não houve sorteio entre os ministros do Tribunal, como é norma regimental no caso dos inquéritos comuns.

As medidas geraram críticas no meio jurídico. Na época, a então-procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu o arquivamento do inquérito. Moraes negou. Partidos políticos, parlamentares e associações de procuradores também apresentaram ações contra a abertura do inquérito.

As ações questionam, ainda, outro ponto: muitos dos suspeitos das ofensas e crimes sob investigação de Moraes não têm foro privilegiado e, portanto, o inquérito não deveria ser conduzido pelo Supremo. O regimento do Tribunal permite a investigação pelo Supremo quando os crimes são cometidos dentro da instituição e que ofensas aos ministros devem ser interpretadas como ofensas ao próprio Supremo, já que eles representam o Tribunal.

O inquérito deveria ter terminado em janeiro de 2020, mas foi prorrogado por seis meses.
Na condição de Presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Sistema de Modelagem da Informação da Construção – BIM, o deputado federal Hildo Rocha parabenizou o presidente Jair Bolsonaro, pela edição do decreto que disponibiliza o uso do BIM e obriga todos os órgãos do Governo Federal a utilizarem essa eficiente metodologia de trabalho.

“O presidente Jair Bolsonaro agiu certo, tomou a decisão correta de estabelecer o BIM como uso obrigatório pelo governo federal. O BIM é uma metodologia utilizada na engenharia moderna que economiza e permite que a obra seja muito bem feita. O Exército brasileiro já utiliza essa ferramenta que impede a prática de corrupção. Agora não haverá mais sobrepreços de obras. Parabenizo o Presidente Jair Bolsonaro, que decretou o fim da corrupção e de obras mal feitas no Brasil”, destacou Hildo Rocha.
Eficácia da metodologia BIM

O BIM garante uma percepção antecipada das possíveis interferências e situações de manutenção comuns durante o ciclo de vida da obra, ampliando a importância e usabilidade do projeto e consequentemente, reduzindo as chances de improvisação e o tempo gasto na execução da obra, melhorando o desempenho e garantindo que o cronograma e orçamento previstos sejam respeitados.

Para exemplificar a importância da metodologia BIM, o parlamentar lembrou que por falta de planejamento, as rodovias federais instaladas no território maranhense apresentam muitas avarias.

“A partir da utilização do BIM a realidade das nossas estradas federais no Maranhão será totalmente diferente. Com o uso do BIM de forma obrigatória nós teremos estradas de boa qualidade e um custo de construção e de manutenção correto. Podem anotar: daqui a 10 anos todos nós vamos ter orgulho das nossas rodovias, das nossas obras federais”, afirmou Hildo Rocha.

Veja vídeo: 

Internet de qualidade é com:

Internet de qualidade é com:
Essa uso e indico!

Clique na imagem e confira!

Nos Siga no Facebook

Mais lidas da semana

Ouça a rádio voz de arari!

Arquivo da página