MARANHÃO

BAIXO PARNAÍBA

BRASIL e Mundo

CRIMES

Videos

Bolsonaro vai sem máscara a inauguração de hospital de campanha em Goiás

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) participou da inauguração do Hospital de Campanha de Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal, nesta sexta-feira (5). Ele não usava máscara e, ao se dirigir ao local da cerimônia, caiu ao tropeçar em uma mangueira. As informações são do G1 
Imagens reprodução TV Globo
A unidade foi a primeira a ser construída pelo governo federal e repassada para a administração estadual, que equipou os leitos, que vão atender pacientes com coronavírus na região.

O Entorno do Distrito Federal tem, segundo a Secretaria Estadual de Saúde, 1.145 casos confirmados e 39 mortos por Covid-19.

O hospital tem capacidade para 200 leitos, mas começará a funcionar com 60 vagas, sendo 20 de UTI. Apenas pacientes encaminhados por outras unidades de saúde poderão dar entrada.

O presidente chegou de helicóptero acompanhado dos ministros general Eduardo Pazuello, general Braga Netto e Marcos Pontes. A inauguração também é acompanhada pelo governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), e pelo secretário de Saúde, Ismael Alexandrino.

"Muito obrigada pelo convite, por essa oportunidade de inaugurar esse hospital e, do fundo do coração, a gente torce que pouca gente venha pra cá, porque é sinal que não precisa de atendimento", disse Bolsonaro em sua fala durante a inauguração.

Presidente Jair Bolsonaro cai ao tropeçar em mangueira durante inauguração do Hospital de Campanha de Águas Lindas de Goiás — Foto: Reprodução/TV Globo
Presidente Jair Bolsonaro cai ao tropeçar em mangueira durante inauguração do Hospital de Campanha de Águas Lindas de Goiás — Foto: Reprodução/TV Globo

Caiado agradeceu o apoio do governo federal na construção de hospitais no estado e destacou que isso possibilitou que outras regiões tivessem um atendimento intensivo. “Nós tínhamos UTIs apenas em Goiânia, Anápolis e Aparecida de Goiânia. Essa região tem 1,2 milhão de habitantes e nenhum leito de UTI. Nunca foi feita uma visão no sentido de dar saúde pública à população que vive no interior do estado. Vossa excelência, presidente, nos deu o apoio”, disse.

Após a solenidade, o presidente cumprimentou apoiadores que estavam próximo ao local, embarcou no helicóptero e deixou o local.

Obras

Construção custou cerca de R$ 10 milhões. Ele foi anunciado no dia 7 de abril e concluído de 23 do mesmo mês. Porém, ele só foi transferido um mês depois.

O governo estadual contratou uma organização social para gerir o hospital por seis meses. O governo vai repassar R$ 7,5 milhões por mês.

Além da construção, o governo federal também vai arcar com o aluguel e manutenção da estrutura física. Já a Secretaria Estadual de Saúde é a responsável por organizar toda operação da unidade, fornecimento de insumos como medicamentos e equipamentos de proteção, além de todos os aparelhos médicos necessários.

Antenor Ferreira

Jornalista chapadinhense, 33 anos, apresentador de rádio e TV, e redator dessa página. Obrigado por sua visita! Siga-nos no insta: @antenor.oficial

Nenhum comentário:

Participe! Deixe seu comentário

Internet de qualidade é com:

Internet de qualidade é com:
Essa uso e indico!

Clique na imagem e confira!

Nos Siga no Facebook

Mais lidas da semana

Ouça a rádio voz de arari!

Arquivo da página