MARANHÃO

BAIXO PARNAÍBA

BRASIL e Mundo

CORONAVÍRUS

Videos

Arquivo da página

Hildo Rocha articula acordo entre Açailândia, Governo e prefeitura de São Paulo para desenvolvimento agrícola, tratamento de resíduos sólidos e geração de energia fotovoltaica em prédios públicos


O deputado federal Hildo Rocha e representantes da prefeitura de Açailândia foram recebidos pelo prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes e pelo Secretário de Estado da Agricultura e Abastecimento, Itamar Borges. O encontro teve como finalidade abrir caminhos para que Açailândia possa formalizar acordos de cooperação técnica nas áreas de tratamento de resíduos soldos, geração de energia fotovoltaica e aquisição de novas tecnologias agrícolas e pecuárias.


A prefeitura de Açailândia foi representada pelos secretários Antonio José Ferreira (Agricultura e Pesca); Claudenir dos Santos Viegas (Industria, Comércio e Turismo) e Glen Soares, assessor da prefeitura.

Soluções criativas e sustentáveis


Após o encontro com o prefeito Ricardo Nunes e os principais membros do alto escalão do governo municipal, a comitiva maranhense liderada pelo deputado Hildo Rocha conheceu a Planta de Tratamento de Resíduos Sólidos do município de São Paulo.

Hildo Rocha destacou que a prefeitura de São Paulo é detentora de excelente tecnologia no setor de tratamento de resíduos sólidos. O parlamentar argumentou que a coleta, descarte e tratamento do lixo domiciliar é dispendioso, mas, existem meios para se reduzir os custos e amenizar os impactos ambientais.


“No município de São Paulo, a energia fotovoltaica produzida por microgeradores que utilizam resíduos como combustível resulta em uma economia de 40% da energia consumida nas instalações dos órgãos públicos do município. Logo, se implantamos sistemas semelhantes, em Açailândia, o município terá uma diminuição de despesa gigantesca. Atualmente o consumo de energia de todos os órgãos da prefeitura é de aproximadamente R$ 2 milhões por mês. Nesse setor, o ambiente é propício para a formação de Parcerias Público Privadas (PPP), há viabilidade técnica e econômica”, enfatizou Hildo Rocha.

Capacitação técnica

No âmbito no governo estadual, Hildo Rocha e os representantes da prefeitura de Açailândia se reuniram com o Secretário da Agricultura, Itamar Borges, Secretários-adjuntos e assessores do órgão com o objetivo de discutir a transferência de novas tecnologias desenvolvidas pelos seis institutos do governo de São Paulo que desenvolvem tecnologias voltadas para a lavoura e pecuária. Outro possível acordo é para cessão da tecnologia de informação utilizada pelo governo do estado próprio para agricultura.


“O governo de São Paulo faz uso do que há de melhor em termos de tecnologia usada no planejamento e controle em todas as etapas da produção agrícola e pecuária. Esse trabalho envolve seis institutos de pesquisa, inovação e desenvolvimento. Nosso objetivo é fazer com que o município de Açailândia também passe a fazer uso desses recursos a fim de promover uma eficiente integração entre os órgãos da prefeitura e todos os envolvidos no processo de produção agrícola que atuam no município”, explicou Hildo Rocha.

Gestão de excelência

As ações voltadas para o agronegócio, no Estado de São Paulo, são coordenadas pela Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), maior instituição estadual de pesquisa no Brasil e a segunda maior do País. Inclusive, essa instituição deu origem à Embrapa, empresa tecnológica focada na geração de conhecimento e tecnologia para agropecuária brasileira.

O trabalho realizado pela Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), envolve o Instituto Agronômico de Campinas (IAC), Instituto Biológico (IB), Instituto de Economia Agrícola (IEA), Instituto de Pesca (IP), Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL) e Instituto de Zootecnia (IZ). Por meio de suas atividades de pesquisa e produção de bens e serviços, a APTA contribui para o desenvolvimento regional, inovação científica e tecnológica e fortalecimento da economia baseada no agronegócio.

Softwares desenvolvidos especialmente para o setor do agronegócio

Principais softwares utilizados pelo governo paulista referentes a informações socioeconômicas e elaboração de estudos e análises sobre o setor agrícola

Planilhas eletrônicas, Webservice e anuários estatísticos agrícolasEstatísticas da produção agrícolaValor da Produção AgropecuáriaPreços diários (boletim)Preços Médios Mensais AtacadoPreços Médios Mensais VarejoPreços Médios Mensais Recebidos pelos ProdutoresPreços Médios Mensais Pagos pelos ProdutoresValor de Terra NuaValor Imóveis com benfeitoriasSalários Rurais

Análises Conjunturais

Índices de preçosRelação de Troca Insumo/ProdutoCadeias ProdutivasÍndice Preços Recebidos produtores (Quadrissemana)Produtos FlorestaisComércio ExteriorAnálises e Indicadores do Agronegócio



Antenor Ferreira

Jornalista chapadinhense, 33 anos, apresentador de rádio e TV, e redator dessa página. Obrigado por sua visita! Siga-nos no insta: @antenor.oficial

Nenhum comentário:

Participe! Deixe seu comentário

Vamos ficar em forma?

Vamos ficar em forma?
Rua do Comércio - Centro, por trás do Armazém Paraíba

Nos Siga no Facebook

Mais lidas da semana