MARANHÃO

BAIXO PARNAÍBA

BRASIL e Mundo

CRIMES

Videos

Assista diariamente às 16h!

Assista diariamente às 16h!
Clique para se inscrever em nossa página
Você está em

Oposição de Viana tenta atacar procedimento comum de confecção de quadros

Antenor Ferreira 
Uma crítica com fundamento é algo sempre muito bem vindo, independente do setor. Aliás, é crucial quando se trata de gestão pública. O problema é que alguns acabam confundindo as coisas, e na ânsia de atingir quem está no poder levantam pautas no mínimo sem noção. 

Recentemente um blog e perfis compartilharam críticas contra o atual prefeito de Viana, Magrado Barros (DEM), por conta de uma licitação para confecção de quadros com a imagem institucional do prefeito, aquela foto comum em que o líder do executivo aparece com a faixa que o identifica no cargo público que exerce.  

O que tentou ser repassado como exagero, ou mesmo devaneio do gestor, é algo costumeiramente normal em qualquer gestão, e que não infringe qualquer lei ou norma sobre uso de recursos públicos. 

A prática de padronizar repartições públicas como gabinetes, secretarias, departamentos e outras instituições é plenamente normal e legítima, seja em âmbitos municipais, estaduais ou federais. 

Veja alguns exemplos: 


Todas as gestões aderem a prática e na atual gestão do município de Viana não poderia ser diferente. Na realidade o único "erro" que possa ter sido cometido por Magrado Barros, foi na verdade tardar em providenciar a confecção dos quadros, que servem para dar mais celeridade aos ambientes da estrutura administrativa. 

Porém, a "demora" a qual me refiro é na verdade justificada pelo compromisso da gestão municipal, que somente agora, após superar 03 anos de escassez de recursos e lutas judiciais para tirar o município dos órgãos de regularização de crédito, viu a possibilidade de providencia-los.  

Outro ponto que é necessário ressaltar é a total legalidade na aquisição dos quadros. Um processo licitatório foi realizado, a empresa vencedora atende os requisitos e os valores estão dentro de mercado. Ou seja, não justifica os ataques disparos a gestão. 

Assim como na presidência da república, governo do estado e qualquer vizinha prefeitura, Viana também tem o direito de prezar por sua identidade administrativa.

Siga o blog no FacebookInstagramTwitter YouTube

Antenor Ferreira

Jornalista chapadinhense, 33 anos, apresentador de rádio e TV, e redator dessa página. Obrigado por sua visita! Siga-nos no insta: @antenor.oficial

1 comentários:

  1. Sugiro ao prefeito suspenda, é no mínimo desnecessário, melhor seria aguardar o resultado da eleição. Seria mais prudente.

    ResponderExcluir

Assista a partir das 16H!

Assista a partir das 16H!
Clique para se inscrever na página

Clique na imagem e confira!

Nos Siga no Facebook

Mais lidas da semana

Ouça a rádio voz de arari!

Arquivo da página