MARANHÃO

BAIXO PARNAÍBA

BRASIL e Mundo

ELEIÇÕES 2020

Videos

Você está em

Mais de 5 mil candidatos não receberam um voto sequer nesta eleição

 Candidatas respondem por 65% do total de candidaturas 'zeradas'. Partidos são obrigados por lei a ter um terço de mulheres nas chapas. Especialistas dizem que proporção alta de mulheres pode ser indício de irregularidade.


Mais de 5 mil candidatos não receberam nem um voto sequer nas eleições municipais de 2020, segundo levantamento do
G1 com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Desse total, 65% são mulheres.

Isso aconteceu apesar de as candidaturas femininas representarem apenas 33% do total de candidatos.

Apesar de serem minoria entre candidatos, mulheres são maioria entre os sem-voto — Foto: Elcio Horiuchi/G1

Especialistas afirmam que não ter nem o próprio voto é um indício de 'candidatura laranja', aquela feita apenas para cumprir o mínimo obrigatório por lei.

Caso seja comprovada, a fraude na cota de gênero pode levar à cassação de toda a chapa, segundo o TSE.

Segundo o jurista e ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Henrique Neves, o fato de não ter recebido voto não configura irregularidade, mas a grande proporção de mulheres é um indício. "O normal seria seguir a mesma proporção do registro de candidaturas. Se 1% teve problema, é normal que 70% sejam homens e 30%, mulheres. Se é o inverso, isso é um indício (de que há algo errado)."

Os partidos começaram a aumentar o número de candidaturas de mulheres após a minirreforma eleitoral de 2009. A emenda tornou obrigatória a cota de, no mínimo, 30% para candidaturas de mulheres em eleições proporcionais (como a de vereador). Antes disso, uma lei previa a reserva de 30% das vagas para as mulheres, mas os partidos deixavam essas vagas vazias.

PSD e MDB têm o maior número de candidatas sem voto. Já o PTC e o Patriota têm os maiores percentuais de mulheres entre os candidatos "zerados".


Sem voto por cidade

As cidades que concentram mais candidatos sem voto estão no Amazonas e em Pernambuco.
Itacoatiara (AM) encabeça a lista, com 26 candidatos que não foram votados. Desses, 20 são mulheres.

Amazonas têm mais municípios entre os que concentram mais candidatas sem voto — Foto: Elcio Horiuchi/G1

Voto no filho


Alzenira Jacquiminouth saiu como candidata a vereadora pelo DEM, mas em sua rede social diz ter votado no filho, Wemerson Barriga (PTB), que foi eleito vereador de Itacoatiara (AM), com 680 votos. Ela mesmo acabou sem nenhum.

Antenor Ferreira

Jornalista chapadinhense, 33 anos, apresentador de rádio e TV, e redator dessa página. Obrigado por sua visita! Siga-nos no insta: @antenor.oficial

Nenhum comentário:

Participe! Deixe seu comentário

Clique na imagem e confira!

Nos Siga no Facebook

Mais lidas da semana

Ouça a rádio voz de arari!

Arquivo da página