MARANHÃO

BAIXO PARNAÍBA

BRASIL e Mundo

CORONAVÍRUS

Videos

Arquivo da página


Agricultores familiares de Itapecuru-Mirim já estão colhendo os resultados de um projeto inédito idealizado pelo empresário Benedito Mendes, com apoio do deputado federal Hildo Rocha.


Denominado de Projeto Monte Cristo, a iniciativa é uma Parceria Público-Privada, que tem como finalidade proporcionar oportunidades para que pequenos agricultores possam melhorar a produção e a produtividade das áreas plantadas.

Resultados animadores

Durante visita a uma das comunidades beneficiadas pelo projeto, o deputado Hildo Rocha constatou que os resultados obtidos pelos agricultores que utilizam métodos modernos é aproximadamente 20 vezes maior do que as áreas onde ainda são utilizados métodos arcaicos.


“É por isso que eu me esforço a fim de viabilizar máquinas e equipamentos para os pequenos agricultores maranhenses. O trabalho realizado sem uso dos meios e dos métodos adequados é penoso, improdutivo e pouco rentável. Aqui, na comunidade Monte Cristo, a gente pode perceber isso com muita clareza. A produção obtida nas áreas cultivadas com uso de tecnologia e métodos modernos é imensamente maior do que os resultados obtidos nas áreas que utilizam métodos antigos”, enfatizou Hildo Rocha.

Incentivo que faz a diferença

Hildo Rocha ressaltou que o Projeto Monte Cristo, criado e coordenado pelo empresário Benedito Mendes, é mais um exemplo de ação transformadora.
Além de atividades agrícolas o Projeto também abrange piscicultura

“Benedito é apaixonado por esta comunidade. Além disso, ele conhece a realidade, as lutas e as dificuldades da população. Então, ele solicitou o meu apoio a fim de colocar em prática esse projeto que envolve a prefeitura, o governo federal e, obviamente, a nossa participação. O resultado desse incentivo faz a diferença, a vida dos moradores das comunidades Monte Cristo e Olho D’água dos Mendes está se transformando, a renda dessas famílias aumentou e isso é o que realmente importa. Projetos como este devem servir de referência, ser estendidos para outros municípios do nosso Estado”, afirmou Hildo Rocha.

Erradicação da extrema pobreza

O empresário Benedito Mendes também destacou a significativa melhoria da qualidade de vida dos moradores da área de abrangência do Projeto Monte Cristo.

Benedito Mendes: idealizador e coordenador do Projeto Monte Cristo

“Os resultados proporcionados pelo trabalho realizado por Hildo Rocha, em prol das comunidades rurais do Maranhão são perceptíveis e significativos. Aqui nesta comunidade, por exemplo, nós conseguimos erradicar a extrema pobreza. O deputado Hildo Rocha acreditou na nossa ideia, nos ajudou com escavadeira hidráulica, com patrulha agrícola e outras ações. Para mim é motivo de satisfação e mostra que com união, esforço e organização é possível transformar a vida das comunidades mais humildes do nosso Estado”, asseverou Benedito Mendes.

Parceria Público-Privada

O vice-prefeito de Itapecuru Mirim Maurício Nascimento, também destacou o modelo de parceria que resultou na concretização do Projeto Monte Cristo.


“Trata-se de um projeto inédito equivalente a uma Parceria Público-Privada. O deputado Hildo Rocha viabilizou recursos federais para a compra das máquinas, a prefeitura também participa disponibilizando técnicos que prestam assistência técnica, e o empresário Benedito Mendes coordena o projeto e faz a interlocução entre os envolvidos na execução da ideia. Nossa intenção é implantar, em breve, novos projetos inspirados no sucesso dessa brilhante iniciativa do nosso amigo Benedito Mendes que conta com o apoio do deputado Hildo Rocha”, sublinhou Maurício Nascimento.



Projeto de Lei 578/22, do deputado Hildo Rocha, classifica como improbidade administrativa a conduta de facilitar, permitir ou concorrer para autorizar a ocupação ou construção de edificação em área de risco. Em análise na Câmara dos Deputados, a proposta altera a Lei 8.429/92, que trata das sanções para os atos de improbidade administrativa. O objetivo da proposta é “mitigar os riscos de novas catástrofes em áreas de risco”, explica o parlamentar.

“A Lei 8.429/92 necessita de aperfeiçoamento, sobretudo quando identificamos que por ação equivocada ou omissão dolosa de agentes públicos, frequentemente ocorrem gravíssimas catástrofes devido ocupações ou construções irregulares em áreas de risco, a exemplo da tragédia em Petrópolis, no Rio de Janeiro no início deste ano”, argumenta Hildo Rocha.

Permitir construção em áreas de risco caracteriza improbidade

O parlamentar lembra que desde a promulgação da Constituição Federal de 1988, os agentes públicos estão submetidos a rígidos princípios e regras balizadores do exercício da função pública, passíveis de severas sanções no caso de cometimento de ato de improbidade.

Hildo Rocha enfatizou que a Lei n° 8.429/1992, define como atos de improbidade: enriquecimento ilícito, lesão ao erário e violação dos princípios da administração pública.

“Dessa forma, a fim de abrandar os riscos de novas catástrofes em áreas de risco, o Projeto de Lei de minha autoria, que tramita na Câmara, propõe que a conduta de “facilitar, permitir ou concorrer para autorização de ocupação ou construção de edificação em área de risco passe a ser considerada como ato de improbidade”, explicou.

Vidas serão preservadas

De acordo com o parlamentar, a proposição de sua autoria é uma resposta aos graves problemas relacionados a ocupações e edificações em áreas inadequadas.

“O projeto de minha autoria irá contribuir para evitar que novas edificações sejam construídas em áreas de risco. Se, e quando, as normas forem descumpridas gestores e servidores poderão ser enquadrados nos crimes de improbidade. Acredito que essa proposta, caso seja aprovada, ajudará a salvar milhares de vidas”, afiançou Hildo Rocha.

Tramitação

A proposta será analisada em caráter conclusivo pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.



Bom Jesus das Selvas, Governador Edison Lobão, Grajaú, Presidente Dutra e São José de Ribamar passam a integrar o rol de municípios beneficiados pela implantação do Projeto Institucional da Educação a Distância do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA).


O anúncio aconteceu neste final de semana, durante solenidade no auditório jornalista Maycon Rangel, na Reitoria do IFMA, no Renascença em São Luís, em ato que contou com a presença do deputado federal Hildo Rocha, diretores e pró-reitores da instituição, prefeitos e representantes dos municípios contemplados. A deputada estadual Betel Gomes também participou do evento.

Deputado amigo do IFMA

O Reitor do IFMA, professor, Carlos Cesar Teixeira Ferreira, destacou que os recursos financeiros aplicados na concretização do projeto foram viabilizados por parte da bancada federal do Maranhão.


Deputado federal Hildo Rocha (MDB/MA) contribuiu para a viabilidade do projeto, por meio de emenda parlamentar

“Não poderia deixar de manifestar a nossa gratidão aos representantes do Maranhão no Congresso Nacional. Também quero fazer uma saudação especial ao deputado Hildo Rocha, parlamentar que, por sua atuação em defesa do IFMA, considero como verdadeiramente amigo desta instituição”, assegurou o reitor do IFMA.

O Reitor também destacou que o deputado Hildo Rocha ajudou a viabilizar os recursos para serem utilizados na construção de ginásios poliesportivas.

“Quando procurei a bancada federal, em busca de apoio para o IFMA, o deputado Hildo Rocha nos recebeu de braços abertos, ajudou a fazer a nossa aproximação com a bancada e se comprometeu em destinar recursos de emendas para a construção de duas quadras poliesportivas, obras que fazem parte do conjunto de projetos previstos para a consolidação dos 29 Campus do IFMA”, ressaltou o Reitor.

Tecnologia a serviço do desenvolvimento do Maranhão

De acordo com o Reitor, o ensino a distância adquiriu relevância e se consolidou como uma opção indispensável, eficiente e potencialmente abrangente.

“Até pouco tempo atrás, o ensino a distância era visto com desconfiança. Entretanto, durante a pandemia da Covid-19 ficou evidente que essa metodologia possui infinitas possibilidades e tem contribuído para a expansão da oferta de cursos. Portanto, a implantação de cinco polos de Ensino a Distância é uma conquista importante, especialmente para os municípios que passam a contar com ensino profissionalizante proporcionada por meio dessa eficiente metodologia”, afirmou o Reitor.

Qualificação profissional e geração de empregos

O deputado Hildo Rocha enfatizou que a implantação de mais cinco polos de Ensino a Distância é uma iniciativa fundamental para a geração de empregos.


Lideranças de Bom Jesus das Selvas: vereador Cândido; empresário Vieira, vereador Valderi, assistente social, Mirian Feitosa e a presidente do Centro de Defesa da Vida dos Direitos Humanos de Bom Jesus das Selvas, Francisca Aldaiane Feitosa

“Por meio desse trabalho o IFMA amplia a oferta de cursos profissionalizantes contribuindo assim para a preparação de milhares de pessoas que passam a dispor de cursos profissionalizantes facilitando, assim, o ingresso de novos técnicos no mercado de trabalho. Portanto, estou satisfeito por ter contribuído para a concretização desseimportante projeto que beneficia jovens que necessitam de oportunidades e que agora poderão se qualificar, ter uma profissão e conseguir colocação em empresas que muitas vezes ofertam vagas, mas não encontram no mercado profissionais com o perfil desejado”, ressaltou Hildo Rocha.


Reitor do IFMA, professor, Carlos Cesar Teixeira Ferreira, deputado Hildo Rocha e prefeito Mercial Arruda (Grajaú)


Gizelia Albuquerque, Secretária Adjunta da Assistência Social (representando o prefeito Raimundinho da Audiolar de Presidente Dutra), Reitor Carlos César e deputado Hildo Rocha


Empresário Vieira (Bom Jesus das Selvas), Reitor Carlos Cesar, deputada estadual Betel Gomes e deputado Hildo Rocha



O deputado federal Hildo Rocha se reuniu com o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Marcelo Lopes da Ponte, para tratar sobre demandas de municípios do Maranhão referentes a obras paralisadas, equipamentos para climatização de escolas, reformas de prédios escolares, construção de novas escolas, móveis escolares, e projetos que aguardam autorização para o início das obras.


O parlamentar destacou que as principais demandas discutidas durante o encontro são referentes aos municípios de Açailândia, Fernando Falcão, Lago dos Rodrigues, Buriticupu e Nina Rodrigues. A secretária de Educação de Açailândia, professora Karla Janys Lima Nascimento e o ex-vice-prefeito de Açailândia, Antônio Irismar também participaram do encontro.

Demandas municipais

Hildo Rocha destacou que em alguns municípios, várias obras foram iniciadas, mas estão paralisadas por falta de transferência dos recursos do FNDE para as prefeituras. O parlamentar maranhense explicou ao presidente do FNDE que até recursos de emendas impositivas estão demorando para serem liberadas.


“Vários municípios estão com obras inacabadas na área da educação por motivos variados. Eu destinei emenda parlamentar impositiva para a prefeitura de Fernando Falcão construir uma grande escola na zona rural do município. A obra já foi iniciada, está bem adiantada. Mas, a prefeitura precisa do saldo dos recursos financeiros que estão no FNDE para dar continuidade ao projeto e concluir a obra”, explicou Hildo Rocha.

Rocha também solicitou ao presidente do FNDE, Marcelo Lopes, celeridade na análise de projeto para construção de escola em Buriticupu que tem como fonte orçamentária e financeira emenda parlamentar impositiva de sua autoria. O deputado solicitou ainda recursos para climatizar escolas de Açailândia, e reivindicou pagamentos de obras em vários municípios, entre eles Lago dos Rodrigues, Nina Rodrigues.


“Além do pedido dos pagamentos tratei sobre a construção de novas creches e escolas, construção de quadras de esportes e equipamentos escolares. O prefeito de Açailândia, Aluísio, por exemplo, me pediu para viabilizar recursos para climatizar todas as escolas municipais de Açailândia. Apresentei essa demanda para o presidente que me garantiu conseguir os recursos. A secretaria de Educação de Açailândia, professora Karla Jane e Antônio Irismar apresentaram ao presidente do FNDE todas as demandas de Açailândia”, ressaltou Hildo Rocha.

Creche de alto padrão

A secretaria municipal de Educação de Açailândia, informou ao presidente Marcelo que em breve será inaugurada uma grande creche que foi iniciada com recursos do FNDE, mas os ex-gestores deixaram o convênio vencer e agora ela está sendo concluída pelo prefeito Aluisio Silva com recursos apenas do município.


“Trata-se de uma creche de alto padrão que o prefeito Aluisio construiu praticamente só com recursos do município porque a obra estava abandonada há bastante tempo, em ruínas e sem os recursos federais para continuar e concluir a obra. Convidei o presidente do FNDE para a inauguração “, informou Karla.



Em comemoração aos 110 anos de fundação de Santa Quitéria, a prefeita Sâmia Carvalho e o deputado federal Hildo Rocha fizeram a inauguração da unidade básica de saúde em Ladeiras, entregaram o Colégio Cônego Nestor Cunha, unidade escolar que reformada e foi apresentado o ônibus adquirido pela prefeitura para transportar universitários que moram no município e estudam em Parnaíba (PI).


Ainda como parte dos eventos alusivos ao aniversário da cidade, o deputado Hildo Rocha e a prefeita Sâmia Carvalho assinaram autorização para o início da licitação da readequação e modernização do Hospital Municipal “Dr. Zeca Moreira” e ampliação e modernização do prédio da prefeitura municipal, obras que serão financiadas com recursos financeiros originários de emendas do deputado Hildo Rocha.

Recursos já estão creditados na conta da prefeitura

O parlamentar ressaltou que o prédio que abriga o hospital do município é antigo e, por essa razão, está fora dos padrões exigidos pela legislação sanitária atual.


“Sâmia solicitou o meu apoio, eu consegui os recursos e o Ministério da Saúde já fez os repasses. Uma parte consegui ano passado e agora consegui o restante. Assim, a obra será iniciada em breve e, graças ao eficiente planejamento da prefeita, em pouco tempo, a população de Santa Quitéria passará a dispor de uma unidade hospitalar moderna, adequada às exigências da atualidade. Esse é mais um anseio da população que a prefeita Sâmia Moreira irá atender e será concretizado”, afiançou Hildo Rocha.

Unidade Básica de Saúde e estrada vicinal

O parlamentar também destacou a importância do Posto de Saúde do povoado Ladeiras que foi reformado e reinaugurado como parte da programação de aniversário da cidade.


“A prefeita tem se esforçado a fim de melhorar a saúde pública do município e tem alcançado bons resultados. A entrega deste posto de saúde, reformado, funcionando dentro dos padrões, com equipe competente, treinada e dedicada é uma forma de aprimorar os serviços da atenção primária de saúde. Além desses aspectos, a população conta com os serviços dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemias. Portanto, existem avanços, a população tem o que comemorar. A prefeita também solicitou recursos que serão investidos na melhoria da estrada de acesso deste povoado e em obras de urbanização da comunidade. Os recursos já estão assegurados, por meio de emenda parlamentar de minha autoria”, enfatizou Hildo Rocha.

Obra complexa


A prefeita Sâmia destacou que a reforma do Hospital não se trata de uma reforma tão simples. “Esse hospital é muito antigo. À medida que a população foi aumentando o prédio também foi ampliado. Porém, sem seguir critérios básicos, foram ampliações feitas sem o devido planejamento sem a necessária adequação às normas que regem os padrões de construção hospitalar e as normas sanitárias. Portanto, é um prédio que precisa ser totalmente reformado e adaptado às normas. O projeto está pronto, todo dentro dos padrões e os recursos financeiros já estão em caixa. Em nome da população, eu agradeço ao deputado Hildo Rocha por mais esse grande benefício que ele viabilizou para a população de Santa Quitéria”, disse a prefeita.

Apoio político e popular

Sâmia Carvalho enfatizou que além da parceria institucional com o deputado Hildo Rocha, ela conta também com o apoio dos vereadores e da população quiterienses.


“Nossa administração mantém bom relacionamento com o poder legislativo, temos uma equipe unida, competente e esforçada e contamos com o apoio da população. Isso nos estimula, nos fortalece e nos ajuda na obtenção de êxitos da nossa administração. Sou muito grata ao deputado Hildo Rocha, aos vereadores, ao povo da nossa cidade a todas as pessoas que têm nos ajudado na difícil tarefa de governar Santa Quitéria”, afirmou Sâmia.

 


O deputado federal Hildo Rocha (MDB/MA) trabalhou pela aprovação do texto-base da Medida Provisória 1077/21, que cria o Programa Internet Brasil para promover o acesso gratuito à internet em banda larga móvel aos alunos da educação básica da rede pública de ensino pertencentes a famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

De acordo com a proposta, o acesso deverá ser garantido pela distribuição de chip, pacote de dados ou dispositivo de acesso aos alunos, principalmente celulares. O acesso gratuito à internet poderá ser concedido a mais de um aluno por família.

“Esse projeto de lei é de grande importância para todos os jovens que estudam em escolas públicas, tanto municipais como estaduais, eles vão ter direito a uma Internet banda larga de boa qualidade e assim vão poder acessar informações, notícias, e também, se for o caso, poder ter aulas e atividades pela via remota. Isso hoje em dia está muito comum e muitas escolas não detêm a estrutura necessária para que eles possam acessar a Internet de boa qualidade”, argumentou Hildo Rocha.

De acordo com o relator da proposta, deputado Sidney Leite (PSD-AM), a opção de garantir o acesso à internet móvel, ou seja, por meio de telefones celulares, se deve ao fato de o sinal do celular chegar a mais de 90% dos domicílios do país.

A MP permite que o programa, que ficará a cargo do Ministério das Comunicações, seja implantado por meio de parcerias com entidades privadas. E, além dos alunos das escolas públicas, poderá beneficiar também profissionais de educação, saúde, segurança pública e outros.




O deputado federal Hildo Rocha vistoriou a obra de pavimentação em bloquetes que está sendo implantada na comunidade São Raimundo, no município de Presidente Juscelino. Também participaram da vistoria a vice-prefeita, Irenalva Sousa Teixeira a vereadora Doralice Muniz (Dora do Juraci) e o ex-prefeito Afonso Celso.

O deputado Hildo Rocha destacou que além de melhorar o aspecto urbano da comunidade a obra também proporciona melhorias no setor da saúde. “No verão a poeira será incomparavelmente menor. Durante o inverno as pessoas terão a certeza de que poderão se locomover sem risco de ficaram atoladas. Isso tem reflexos também na saúde porque as pessoas deixarão de respirar o ar contaminado pela poeira. Sem lama muitas doenças também deixarão de afetar a população, principalmente as crianças. Portanto, essa é uma obra cuja importância vai além do bom aspecto visual que ela irá proporcionar”, enfatizou o parlamentar.

Obra conquistada graças ao trabalho de lideranças do município

Hildo Rocha ressaltou que o benefício foi solicitado pela vereadora Doralice, que com essa obra cumpre compromisso de campanha.



“O pedido foi feito pela vereadora Doralice. Eu destinei os recursos para a prefeitura de Presidente Juscelino e agora estamos vistoriando para que possamos verificar se os recursos estão sendo aplicados corretamente. Pude perceber que a obra está ficando muito boa e a população está satisfeita”, destacou Hildo Rocha.

Ato incomum

O ex-prefeito Afonso destacou que é a primeira vez que um parlamentar coloca emendas para obra nas comunidades de Pressente Juscelino e vai até o local vistoriar a execução da obra.

“O povoado São Raimundo foi agraciado com esse calçamento, viabilizado pelo deputado Hildo Rocha, obra que proporciona grandes melhorias porque elimina a poeira e a lama, melhora o acesso, facilita a vida das pessoas. A população agradece ao deputado e nosso desejo é que ele possa continuar trabalhando em prol do desenvolvimento do nosso Estado”, declarou Afonso.

Vereadora Dora e vice-prefeita Irenalva durante a vistoria na obra

“Nós estamos de parabéns porque o deputado Hildo Rocha atendeu ao nosso pedido, a obra está sendo feita e a população está feliz. Há muito tempo a população sonhava com essa obra. Graças a Deus esse desejo está sendo concretizado. Nosso agradecimento ao deputado Hildo Rocha por mais um benefício que ele viabiliza para a população de Presidente Juscelino”, disse a vereadora Dora do Juraci.




Quem entre vós desconhece a luta do deputado federal Hildo Rocha em defesa das rodovias federais do Maranhão atire a primeira pedra. Desde que assumiu o mandato, em fevereiro de 2015, Hildo Rocha tem trabalhado em prol de melhorias das rodovias federais do Maranhão. Isso é fato indiscutível. 

Periodicamente, o parlamentar repercute, na Câmara Federal, a precariedade das rodovias federais do Maranhão; se reúne com Ministros da Infraestrutura e com diretores do Dnit e denuncia a situação na tribuna da câmara e na imprensa.

Entretanto, apesar do notável trabalho da bancada federal maranhense, no que se refere à questão das rodovias federais, os problemas persistem. O volume de recursos financeiros que a bancada maranhense destinou para o Ministério da Infraestrutura atinge números estratosféricos: R$ 150 milhões, em 2016); R$ 82,5 milhões, em 2017; R$ 180 milhões, em 2018; R$ 400 milhões, em 2019; R$ 57 milhões, em 2020.

É muito dinheiro, ninguém pode discordar. É aqui que entra o questionamento essencial que a população faz, com toda razão: o que foi feito com tanto dinheiro? “Tudo leva a crer que a precariedade da malha viária federal do Maranhão decorre da irresponsabilidade, da incompetência e de corrupção no Dnit. O resultado todos sabem. As rodovias federais do Maranhão são as piores do Brasil. Isso é uma vergonha”, enfatiza Hildo Rocha.





A fim de confirmar tais hipóteses, usando as prerrogativas de membro da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara, o deputado Hildo Rocha, solicitou auditoria na aplicação dos recursos financeiros que a bancada federal destinou para obras na BR-135.

Vídeo do caos

Neste final de semana, durante viagem ao interior, onde inaugurou obras e participou de inúmeros eventos, Hildo Rocha registrou a precariedade da BR-222.

“Essa rodovia, no trecho de Miranda do Norte até o município de Buriticupu está muito ruim. O governo pode alegar qualquer coisa, menos falta de dinheiro porque nós, deputados federais e senadores do Maranhão colocamos emendas impositivas para o custeio de obras nas rodovias federais do nosso Estado, mas, lamentavelmente, quando o Dnit faz alguma intervenção as obras são mal executadas. O resultado desse serviço porco pode ser visto em todas as rodovias federais do Maranhão”, lamentou Hildo Rocha.




Parece que o desespero de opositores em Mata Roma não se limita aos tribunais eleitorais, mas também a veiculação de matérias infundadas, que tentam manchar a gestão do prefeito @besalielalbuquerque , com 
índice de aprovação popular que se aproxima de 90%. 

A transformação do município, seja na sede ou zona rural é notável, e no afã de apontar falhas, um conhecido blog foi usado mais uma vez, para veicular informações mentirosas. 

A Secretaria de Educação do município foi acusada de fornecer alimentação escolar vencida, na localidade Cidade Nova, zona rural do município. Mas como a grande maioria dos matarromenses já esperavam, trata-se apenas de Fake News. 

Infelizmente alimentos tiveram que ser descartados, mas não por descuido dos gestores da escola Alfredo Dualibe, ou da SEMED, muito menos por estarem fora da validade. 

Uma queda de energia que perdurou por horas danificou o freezer que continha os alimentos, consequentemente os deixando impróprios para consumo. A única alternativa, louvável e responsável, foi descartá-los. 

A SEMED providenciou a substituição do refrigerador e imediata reposição dos alimentos, garantindo assim a continuidade da alimentação escolar dos alunos, coisa que não se via no governo passado.

Vale destacar que desde o retorno das aulas que a Secretaria de Educação, comandada pela primeira dama Nicinha Lessa, está fornecendo alimentação de qualidade nas escolas municipais, mesmo com os recursos travados e bloqueados, por conta da ausência de prestação de contas dos recursos destinados a merenda escolar, na gestão passada. 

"Nosso compromisso é oferecer uma educação de qualidade aos nossos jovens e crianças. A reforma de escolas e o início da climatização delas, prova que estamos no caminho certo. Não será a desinformação que travará o progresso instalado em Mata Roma, que diga-se, deu apenas os primeiros passos de muitos que transformarão nossa cidade um exemplo no Baixo Parnaíba", afirmou a secretária Nicinha Lessa.

 Em pronunciamento na tribuna da Câmara, o deputado federal Hildo Rocha acusou adversários do prefeito Besaliel de tentarem tomar o mandato do gestor, no “tapetão”. De acordo com o parlamentar, apesar dos avanços na lei eleitoral, a legislação ainda carece de modificações.


“Considero que ainda há essa necessidade para que possamos deixar mais claro alguns pontos, principalmente no que diz respeito a abuso do poder econômico e abuso do poder político”, argumentou.

O exemplo que vem de Mata Roma

Hildo Rocha ressaltou que são raros os municípios onde as eleições não foram questionadas nos tribunais. “Em Mata Roma temos um exemplo. O prefeito Besaliel Freitas Albuquerque, lutou contra um grupo político que estava no poder há vários anos. Durante todo o período em que esteve no poder, esse grupo tinha como hábito praticar todo tipo de barbaridades, de irregularidades e corrupção. Em razão de insatisfação por parte da população, os eleitores e eleitoras do município decidiram eleger Besaliel para governar Mata Roma, a partir de 2021. Entretanto, os adversários não aceitaram a derrota e ainda lutam nos tribunais para tomar o mandato de Besaliel”, destacou o parlamentar.

Particularidade da campanha é usada como pretexto para contestação da vitória

O deputado enfatizou que uma particularidade da campanha eleitoral de Besaliel é usada como argumento dos que querem tomar o mandato que foi conquistado de forma legítima.

“Durante a campanha, após as caminhadas do dia a dia, em busca de votos, as pessoas se reuniam na sua casa do candidato e levavam alimentos para fazer um lanche. Aquele lanche foi denominado, pela própria população, de ‘Café do Besaliel’. O candidato não mandava, não pedia, não tinha participação nessa ação. Sequer comprou café, açúcar, nem outros produtos que eram ali servidos: bolo, tapioca, pão, beiju. Também não se pode afirmar que isso tenha mudado o resultado da eleição, mas os adversários pegaram isso, juntaram e prepararam denúncia contra Besaliel, na intenção de que a Justiça entenda que ele cometeu abuso de poder econômico. Isso não se configura abuso de poder político ou abuso de poder econômico”, argumentou Hildo Rocha.

A realidade desmente os opositores de Besaliel

O parlamentar disse que a realidade desmente os opositores do prefeito. “Besaliel sempre viveu de forma modesta, nunca teve dinheiro suficiente para esbanjar. Nunca teve dinheiro para comprar votos. Quem comprava votos eram os adversários de Besaliel. Mas, insatisfeitos com a derrota, esse grupo, que sempre praticou ilícitos eleitorais, armou, construiu um processo contra o Prefeito Besaliel. E nós precisamos deixar isso mais claro, porque não é possível que uma pessoa seja condenada por algo que não fez, Besaliel não cometeu abuso de poder econômico”, afiançou Hildo Rocha.

Legislação eleitoral precisa ser aprimorada

Diante dos fatos e das evidências, Hildo Rocha enfatizou que a legislação eleitoral precisa ser aprimorada. “Nós temos que melhorar a nossa legislação para que os juízes, os promotores, tenham mais certeza daquilo que vão aplicar no que diz respeito ao Direito eleitoral”, asseverou o deputado.

Administração aprovada por 90% da população

O parlamentar também destacou que a administração do prefeito Besaliel é aprovada por 90% da população de Mata Roma. “Ele faz uma excelente administração. Prova disso é que 90% da população aprova o mandato do prefeito. Mesmo assim, os adversários fazem de tudo para tentar cassar seu mandato. Mas, eu acredito na Justiça brasileira. Eu acredito que a Justiça Eleitoral irá fazer de fato justiça, porque Besaliel nunca comprou um voto sequer nem fez promessas para conquistar voto, até porque voto ele tinha. Tanto é verdade que ele venceu as eleições do começo ao fim”, afiançou Hildo Rocha.



 


A convite do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde da Regional de Santa Inês, o presidente da Frente Parlamentar Mista em Apoio aos Agentes de Saúde e de Combate às Endemias, deputado Hildo Rocha, participou da Assembleia da categoria que reuniu representantes de 12 municípios que integram a Regional de Santa Inês.


Durante o encontro, realizado no auditório da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Santa Inês (CDL), foram discutidas questões referentes às conquistas da categoria e desafios que exigem mobilização, união, articulação e muito trabalho para que os profissionais desse segmento da Saúde Pública possam exercer as suas atividades com maior eficácia.

PEC 22: uma conquista histórica

O deputado Hildo Rocha destacou que a aprovação da PEC 22, dispositivo que institui um piso salarial nacional da categoria, foi uma conquista histórica alcançada graças ao consistente trabalho liderado pela Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias (Conacs).


“Tenho a satisfação de ter trabalhado, na condição de presidente da Frente Parlamentar em Apoio aos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias, para essa conquista importante. Foi uma luta árdua que contou com a participação de muitas pessoas. Destaco a atuação da nossa amiga Ilda Angélica, presidente da CONACS, liderança que fez um trabalho impecável, em âmbito nacional. Também eu não poderia deixar de reconhecer o importante papel desempenhado no âmbito estadual por nossa amiga Marleide. Obviamente que outras lideranças regionais também contribuíram. Sem essa união, sem tanto esforço, sem persistência não teríamos alcançado essa vitória. Nós sempre acreditamos que seria possível aprovar essa PEC. Nós nos mobilizamos, envolvemos outros parlamentares nessa luta e, para nossa felicidade, conseguimos atingir os nossos objetivos. A PEC foi aprovada. Não foi fácil, mas a nossa luta valeu a pena”, enfatizou Hildo Rocha.

Mobilização precisa ser mantida

Hildo Rocha ressaltou que, em razão da importância do trabalho na saúde preventiva, os Agentes Comunitários de Saúde necessitam de mais apoio para que possam dispor de melhores condições de trabalho.


“A luta em favor da PEC 22 mostrou o quanto é importante poder contar com o apoio de representantes no poder legislativo, tanto no âmbito estadual quanto no âmbito federal. Por isso, é importante que a categoria possa eleger parlamentares que tenham compromisso com a saúde pública do nosso país. Este ano nós conseguimos aprovar a PEC 22 mas precisamos assegurar maior participação da categoria nas decisões que acontecem nas esferas governamentais. Em outubro teremos eleições, será uma ótima oportunidade para elegermos representantes dos Agentes de Saúde para que as conquistas da categoria possam acontecer com maior rapidez”, argumentou Hildo Rocha.

Gratidão

A presidente da Federação Maranhense dos Agentes Comunitários de Saúde (FEMCAS), Marleidy Barnabé, destacou o trabalho que o deputado Hildo Rocha tem feito na Câmara Federal, em prol da categoria.

“Nós, Agentes Comunitários de Saúde e os Agentes de Combate às Endemias do Maranhão, e de todo o Brasil, somos muito gratos ao deputado Hildo Rocha pelo trabalho que ele tem feito, no Congresso Nacional, em defesa da nossa categoria. É importante assegurarmos a permanência do deputado Hildo Rocha na Câmara dos deputados a fim de que possamos continuar contando com o apoio do legislativo nas lutas em prol de melhores condições de trabalho dos nossos colegas que são a base da saúde pública”, enfatizou Marleyde.


O deputado federal Hildo Rocha entregou uma pá carregadeira que será utilizada na realização de obras de infraestrutura na sede e na zona rural de Pirapemas. O equipamento foi financiado com recurso públicos originários de emenda do deputado Hildo Rocha.

Equipamento facilitará o trabalho dos agricultores familiares

Hildo Rocha destacou que o equipamento servirá para abrir estradas, fazer açudes, tanques escavados para criação de peixes, e terá muita utilidade na preparação das roças, dos plantios dos pequenos produtores que tanto necessitam de tecnologia, mas não tem condições de alugar máquinas.


“É um equipamento valioso, que tem múltiplas utilidades entre as quais destaco os serviços que irão facilitar o trabalho de pequenos agricultores familiares que tanto necessitam de máquinas agrícolas, mas não tem condições de alugar. Portanto, hoje meu sentimento é de satisfação por ter contribuído para viabilizar a entrega desse equipamento valioso. É mais um benefício que conseguimos proporcionar para a população de Pirapemas graças ao trabalho e ao esforço do ex-prefeito Dr. Iomar e do prefeito Fernando Cutrim”, enfatizou Hildo Rocha.


O parlamentar destacou que a máquina foi solicitada pelo então prefeito Dr. Iomar. “Esse equipamento já deveria ter sido entregue há muito tempo. O pedido foi feito pelo Dr. Iomar, quando ele ainda exercia o cargo de prefeito de Pirapemas. Entretanto, em razão de problemas burocráticos e administrativos somente agora foi possível concretizarmos essa demanda. Dr. Iomar saiu da prefeitura e passou a bola para o prefeito Fernando Cutrim que também se interessou e me ajudou solucionar as questões que impediam a liberação da máquina. Portanto, hoje tenho a felicidade de entregar esse bem valioso para o município, fruto do esforço, da união do ex-prefeito, Dr. Iomar e do prefeito Fernando”, explicou o parlamentar.

Concretização de um sonho

O prefeito Fernando Cutrim enfatizou que a chegada da máquina é a concretização de um sonho. “Uma pá carregadeira como essa que recebemos é de grande importância porque é um equipamento que pode ser utilizado em inúmeras tarefas importantes, na agricultura familiar, na manutenção das estradas vicinais e tantas outras tarefas. Então, deputado Hildo Rocha, fica aqui o agradecimento do prefeito e da população de Pirapemas por tudo que você tem feito por nossa população, pelas emendas, pelo apoio, pela prontidão em sempre se esforçar para atender as demandas da população. Fica, portanto, o nosso reconhecimento e a nossa gratidão”, declarou Fernando Cutrim.

Benefício relevante

O ex-prefeito, Dr. Iomar, lembrou que inúmeras vezes viu o prefeito Fernando angustiado por não ter condições para fazer melhorias nas estradas municipais, e outras obras importantes, por falta de máquinas adequadas.

“Alugar máquinas pesadas é muito caro. Tão caro ao ponto de inviabilizar a realização de inúmeras obras. Felizmente, agora o prefeito Fernando não precisará gastar muito dinheiro com aluguel de máquinas porque o deputado Hildo Rocha colocou emenda para a compra dessa pá carregadeira que será utilizada em obras de infraestrutura e ajudará trabalhadores e trabalhadoras da agricultura familiar. Assim, estamos contribuindo para alavancar o crescimento e o desenvolvimento de Pirapemas, estamos contribuindo para fazer de Pirapemas um lugar bom pra se viver”, afiançou Dr. Iomar.


“Essa máquina tem para nós valor inestimável pois ela será utilizada em várias frentes de trabalho, vai ajudar no desenvolvimento do nosso município. Nós só temos que parabenizar a população, por receber bem tão valioso, e agradecer ao nosso deputado federal Hildo Rocha, declarou José Antônio, Secretário Municipal de Transporte e Urbanismo.

Trabalho reconhecido

O prefeito de Cantanhede, Zé Martinho, que também prestigiou o ato de entrega da pá carregadeira, destacou que o deputado Hildo Rocha cuida bem do povo do Maranhão.

“Cuida bem das pessoas mais humildes, é um deputado que se dedica a levar máquinas, fábricas de polpa de frutas, pavimentação, água. É, portanto, um político atuante e por esse motivo, tem o apoio e o reconhecimento por parte da população maranhense”, afirmou Zé Martinho.



 Em pronunciamento na tribuna da Câmara, o deputado federal Hildo Rocha cumprimentou o governador Carlos Brandão, desejou boa sorte ao novo chefe do executivo estadual e enumerou alguns desafios que o governador terá pela frente.


“Carlos Brandão, já foi Deputado Federal, tem experiência na política, tem experiência com a administração pública, conhece o Estado do Maranhão, mas terá desafios enormes durante este ano em que irá governar o estado. Um bom exemplo são as rodovias estaduais. A malha rodoviária do Estado do Maranhão está em péssimas condições”, enfatizou o parlamentar.

MA-138

Hildo Rocha destacou que o ex-governador Flávio Dino prometeu que iria asfaltar a MA-138, que liga Estreito a São Pedro dos Crentes. Há poucos dias passei por essa rodovia e constatei que a estrada contínua do mesmo jeito, ou seja, ainda está na piçarra. Em alguns trechos, não há sequer piçarra, ou seja, está sem laterita”, enfatizou o parlamentar.

Outras rodovias também estão em péssimo estado de conservação

Hildo Rocha enfatizou que além da MA-138, inúmeras rodovias estaduais também estão em condições precárias.

“Quase todas as rodovias estaduais do Maranhão estão em péssimas condições. As estradas de Amarante do Maranhão/Buritirana, e a de São Pedro da Água Branca/Vila Nova dos Martírios/ Cidelândia, a de Matões do Norte/Cantanhede/ Pirapemas, as rodovias da Baixada Maranhense e do sul do Estado também apresentam graves problemas. A situação em que se encontram essas rodovias realmente é de cortar o coração. É lastimável a situação em que a administração que saiu deixou essas rodovias. Portanto, esse é um desafio muito grande para o governador Carlos Brandão”, alegou o parlamentar.

Obra se arrasta há oito anos

O deputado também citou a estrada que liga Paulo Ramos a Marajá do Sena. “Essa obra foi iniciada há mais de 8 anos, passou pelo Governo que se encerrou, e não foi concluída. Concluir essa obra é outro grande desafio para o Carlos Brandão”, comentou.

Escolha acertada

De acordo com Hildo Rocha, a nomeação de Aparício Bandeira para a pasta da Infraestrutura foi uma indicação acertada. “Se por um lado existem muitos desafios a serem enfrentados, por outro, o governador Carlos Brandão acertou em ter colocado no comando da Secretaria de Infraestrutura um engenheiro muito competente, muito experiente. Portanto, desejo que o novo governador tenha boa sorte, que faça um bom governo e me coloco à disposição para contribuir no que estiver ao meu alcance”, afiançou Hildo Rocha.



 


O deputado federal Hildo Rocha trabalhou para impedir que o requerimento 8400/18 fosse aprovado. Caso o requerimento tivesse sido aprovado o projeto de lei 2630/20 entraria em regime de urgência, assim não precisaria tramitar nas comissões. A proposta trata sobre regras rígidas para as redes sociais. De acordo com o parlamentar, o texto aniquila as redes sociais.


“O relatório elaborado pelo Deputado Orlando Silva impõe regras que, se aprovadas, irão acabar com a independência dos usuários do Instagram, Telegram, Tik Tok, WhatsApp, Twitter, Facebook e YouTube. As redes sociais sobrevivem de anúncios, de propaganda, de publicidade. Porém, o texto apresentado destrói totalmente as condições necessárias para obtenção de qualquer tipo de renda para essas redes sociais. Assim as plataformas morreriam por inanição. Desse modo, essa matéria vai muito além do combate às fake news, trata também de modos negociais”, argumentou Hildo Rocha.

A favor da liberdade de expressão

O deputado considera que é necessário aperfeiçoar a legislação brasileira referente à liberdade, à responsabilidade e à transparência na internet com o objetivo de reprimir a disseminação de conteúdos falsos pelas plataformas. Entretanto, ressalvou que o projeto em discussão tolhe a liberdade de expressão.

“As pessoas passarão a ser perseguidas a partir do momento em que publicarem determinados tipos de mensagens. Ora, nós temos a liberdade de publicar informações. Logicamente, uma mensagem ilegal já é considerada um crime e quem atentar contra qualquer lei do nosso País responderá por isso. Mas, da forma como está, esse projeto vai buscar o cidadão que replique uma notícia de forma inocente, por ter entendido que ela era verdadeira, mesmo que ele não a tenha escrito originalmente. Ou seja, as pessoas poderão receber punição bastante severa pela replicação de informações”, destacou.

Tramitação açodada

Além da consistente argumentação quanto ao mérito da proposta, o deputado Hildo Rocha questionou também a tramitação do projeto. O parlamentar explicou que um projeto tão complexo não deveria tramitar em regime de urgência, mas em regime de tramitação normal.

“Deveria passar por uma Comissão Especial ou pelas Comissões Permanentes. Todavia, foi formado um grupo de trabalho pouco representativo, com apenas 13 deputados. Então, eu não vejo sentido nenhum aprovarmos esse projeto sem que haja um debate maior. Sugiro que seja constituída uma Comissão Especial para analisar e debater esse projeto corretamente. Assim, poderemos apresentar um projeto que combata apenas fake news, e não um projeto que combate fake news e, ao mesmo tempo, acaba, aniquila todas as redes sociais do País”, defendeu Hildo Rocha.




Preocupado com a lentidão de algumas obras e paralisação de inúmeros empreendimentos de responsabilidade da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), o deputado Hildo Rocha se reuniu, mais uma vez, com o diretor-presidente da instituição a fim de solucionar os problemas que travam o andamento de projetos que estão em execução em diversas regiões do Estado.


Hildo Rocha destacou que as paralisações afetam a implantação da fábrica de extrato tomates, em Amarante; a Casa de Farinha, em Brejo; a indústria de polpa de frutas, em Lago do Junco; a construção da Praça do Produtor, no povoado Baixão Grande, no município de São Domingos; a conclusão da estrada dos Mulundus, em Vargem Grande; pavimentação asfáltica em Cantanhede e Barra do Corda e a pavimentação em bloquete nos municípios de Jenipapo dos Vieiras, São João do Paraíso, Humberto de Campos e Cantanhede.

Além desses pleitos o parlamentar demonstrou toda a preocupação com a demora por parte da CODEVASF na entrega de diversos equipamentos que foram objeto de emendas parlamentares de autoria dele.

Soluções

Hildo Rocha disse que em razão do reajuste de preços de máquinas e materiais de construção os orçamentos referentes aos projetos que já haviam sido iniciados ficaram defasados.


“Nós conversamos, verificamos detalhadamente cada situação e constatamos que realmente é necessário que sejam feitos aditivos. Assim sendo, irei disponibilizar parte das minhas emendas deste ano para que a Codevasf utilize na conclusão de parte dessas obras e assim possamos entregar esses benefícios para a população. Também irei trabalhar a fim de que possamos concretizar a liberação dos recursos de emendas de minha autoria o mais rápido possível, para que possamos iniciar as obras referentes aos projetos que ainda tramitam no âmbito da Codevasf, em Brasília”, explicou Hildo Rocha.



Durante audiência pública na Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional, o deputado Hildo Rocha aproveitou a presença de representantes do Ministério da Infraestrutura para mais uma vez chamar atenção do governo para a precariedade das rodovias federais no Maranhão.

De acordo com Hildo Rocha, a BR-222, nos trechos de Chapadinha até a entrada de São Benedito do Rio Preto e Urbano Santos, e de Vargem Grande até Itapecuru Mirim, está muito ruim.


“O Maranhão e outros Estados da federação estão sofrendo bastante em razão de fortes chuvas. Mas, essas chuvas ocorrem todo ano, uns com mais intensidade ou outros com menos. Atualmente as estradas federais que cruzam o Maranhão estão em situação crítica e, pra piorar, os serviços que o Dnit realiza para acabar com os buracos não tem boa qualidade. Estive recentemente nos municípios de Chapadinha, Mata Roma e São Bernardo e durante os deslocamentos constatei que na BR-222, antes mesmo de serem concluídos os serviços de restauração de alguns trechos, a ação das chuvas já danificou o que foi feito, ou seja, é necessário que a construtora responsável pela execução das obras seja chamada para refazer os reparos porque a rodovia está muito perigosa”, enfatizou o deputado.

Prejuízos enormes e recorrentes

Hildo Rocha lembrou que no Maranhão o péssimo desempenho do Dnit é algo inexplicável, antigo e recorrente. “O maior exemplo é a duplicação da BR-135, do trecho de Estiva a Bacabeira. Nessa obra foi feito investimento de R$ 1 bilhão de reais na duplicação de um pequeno trecho. Não se passaram 5 anos e a estrada se acabou, ou seja, dentro do período em que a construtora ou o consórcio que venceu o contrato já deveria estar refazendo os serviços que foram mal feitos”, comentou.

Falta pulso firme

O parlamentar enfatizou que é necessário pulso mais firme por parte do Dnit no sentido de cobrar as empresas para que elas façam serviços de boa qualidade, para que não sejam obrigadas a refazer estradas, paralisando o tráfego e causando prejuízos para os proprietários de veículos, principalmente de caminhões.

“Eu vi inúmeros carros com pneus estourados em função da grande quantidade de crateras. A impressão que se tem é de que a rodovia foi bombardeada. Portanto, quero chamar atenção do Diretor-Geral do Dnit, General Santos Filho, e do Superintendente do órgão no Maranhão, engenheiro Glauco, para que adotem medidas a fim de evitar desperdício de dinheiro público e que a qualidade dos serviços seja melhorada porque infelizmente, no Maranhão, o Dnit é um órgão ineficiente, é um órgão que não cumpre com os seus deveres e quando faz algum serviço é de péssima qualidade. As rodovias federais no Maranhão estão de mal a pior. Isso é vergonhoso, irritante e causa prejuízos aos brasileiros que pagam impostos”, afirmou Hildo Rocha.


Vamos ficar em forma?

Vamos ficar em forma?
Rua do Comércio - Centro, por trás do Armazém Paraíba

Nos Siga no Facebook

Mais lidas da semana