MARANHÃO

BAIXO PARNAÍBA

BRASIL e Mundo

ELEIÇÕES 2020

Videos

Você está em

Em Belém homem é preso após torturar e fazer ex-namorada comer fezes

Vítima foi agredida por cerca de cinco horas. Suspeito fez áudios e vídeos pelo celular e enviou para familiares da ex-namorada 

G1 Pará 
Mulher é torturada por ex-namorado em Icoaraci, distrito de Belém — Foto: Ministério Público do Pará
A Polícia Civil cumpriu, na terça-feira (2), o mandado de prisão contra Márcio Cruz da Conceição, 19 anos, acusado de ter torturado e ameaçado sua ex-namorada no dia 23 de junho, no distrito de Icoaraci, em Belém.

O Ministério Público do Pará (MPPA) pediu a prisão do acusado após ouvir o depoimento da vítima e analisar o material entregue, que constataram que a ex-namorada foi submetida a cinco horas de agressões. Durante a tortura, ela foi obrigada a comer fezes de animais e ainda teve o cabelo raspado.

De acordo com o depoimento da vítima, ela recebeu o convite de Márcio Cruz para almoçar em sua casa. Chegando lá, Márcio, inconformado com o término do relacionamento, começou as agressões com uma barra de ferro. Depois, raspou a cabeça da vítima com uma navalha, cortando o rosto e o couro cabeludo e a fez comer fezes de animal.

Ao final da sessão de agressões, ele ainda fez um corte superficial na testa dela em forma de "M", em alusão a inicial de seu nome, gravou um vídeo após à tortura e áudios e encaminhou para os familiares da vítima. Em um dos áudios, o acusado disse: "eu só não te matei mesmo, vagabunda, porque tua vida vale menos que merda e minha liberdade, sua rata”.

Márcio Cruz foi preso e encaminhado para o Centro de Triagem Metropolitana II (CTM II), da Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe), em Marituba.

Antenor Ferreira

Jornalista chapadinhense, 33 anos, apresentador de rádio e TV, e redator dessa página. Obrigado por sua visita! Siga-nos no insta: @antenor.oficial

Nenhum comentário:

Participe! Deixe seu comentário

Clique na imagem e confira!

Nos Siga no Facebook

Mais lidas da semana

Ouça a rádio voz de arari!

Arquivo da página