MARANHÃO

BAIXO PARNAÍBA

BRASIL e Mundo

CRIMES

Videos

Fique bem informado. Assista!

Fique bem informado. Assista!
Clique para se inscrever em nossa página
A suspeita, que teve a prisão preventiva decretada, fugiu da cidade após ser descoberta pela Polícia Civil 
A mulher que foi encontrada morta dentro de casa e teve o filho levado no início deste mês, em Eunápolis, no sul da Bahia, foi assassinada por uma amiga. Segundo a Polícia Civil, ela queria roubar o bebê de 2 meses da vítima, porque fingiu a gravidez para o namorado. As informações são do G1.

A suspeita não teve a identidade revelada, mas confessou a autoria do assassinato de Silvia Letícia Araújo Pacheco por uma mensagem enviada pelo WhatsApp.

De acordo com a reportagem, ela também contou o motivo do crime: enganou o atual namorado e, por isso, decidiu matar Silvia Letícia. O corpo da vítima, encontrado em 4 de janeiro, aparentava ainda sinais de violência.

A suspeita é ex-companheira de um presidiário e fugiu da cidade após ser descoberta. Ela teve a prisão preventiva decretada e é procurada pela polícia.

Siga o blog no FacebookInstagramTwitter YouTube
A PM de Chapadinha informou que prendeu por volta das 10h50 da manhã desta quinta, 30, um homem por comercializar munições de forma clandestina, segundo o blog do William Fernandes
A prisão foi efetuada em conjunto pela equipe Águia e pelo GSA do 16º BPM, após denúncia. Ao ser preso, o comerciante disse aos policias que em sua residência havia mais produtos. Lá foram encontrados tubos de pólvora e munição de diferentes calibres.

O homem foi preso e conduzido à DP de Chapadinha.

MATERIAL APREENDIDO:

173- tubos de pólvora
87- munições calibre 38
19- munições calibre 32
10- munições calibre 28
11- munições calibre 36
02- munições calibre 20
01- estojo calibre 28

Siga o blog no FacebookInstagramTwitter YouTube
Luciana Paula Figueiredo, 32 anos, presa em flagrante nesta terça-feira (28), após tentar matar asfixiada a própria mãe de 68 anos em um leito de hospital, teve prisão preventiva decretada pela juíza Janaina Araújo de Carvalho. 
Filha tenta matar a mãe por asfixia em leito do hospital Dr. Carlos Macieira em São Luís (MA) — Foto: Reprodução/TV Mirante
A idosa Ana Benedita Figueiredo, está internada no Hospital Dr. Carlos Macieira, em São Luís. 

Segundo informações do G1 MA, Luciana já está presa na Unidade Feminina da Penitenciária de Pedrinhas. Em depoimento à polícia, ela negou a autoria do crime, mas, ao ser questionada se é a favor da eutanásia, respondeu que "os pacientes terminais deveriam ter o seu direito de escolher".

Atualmente, a defesa tenta provar que ela possui transtornos mentais e pediu a instauração de incidente de insanidade mental no processo sobre o caso. A Justiça já determinou a avaliação biopsicossocial de Luciana.

"Ela tem transtorno de Borderlaine e síndrome do pânico. Antes do caso, ela já estava fazendo tratamento médico. Pedimos que ela continua o tratamento dela em um estabelecimento adequado. Se não continuar, pode piorar o quadro dela", afirmou a defesa.

O crime

O crime contra a idosa  foi filmado por acompanhantes de outros pacientes que estavam na mesma enfermaria e perceberam uma movimentação estranha no leito.

Em um vídeo é possível ver a idosa sendo asfixiada pelo nariz e pela boca pela mão de Luciana, que ainda usa um lençol para impedir que a vítima consiga respirar. A idosa, mesmo em condições frágeis de saúde, ainda tenta reagir levantando uma das mãos para tentar conseguir tirar a mão do seu rosto, mas não consegue.

Ana Benedita estava internada desde o dia 19 de janeiro com um quadro grave de embolia pulmonar. Por ter passado muito tempo sem respirar, ela teve que ser levada de volta para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Siga o blog no FacebookInstagramTwitter YouTube
Do G1 PI

O soldado Pedro Henrique Costa do Nascimento, 23 anos, do 2º Batalhão de Engenharia de Construção do Piauí, do Exército Brasileiro, foi encontrado morto às margens do Rio Parnaíba na manhã desta sexta-feira (31). O homem era procurado desde quarta-feira (29), quando desapareceu nas águas do rio.
Segundo o Corpo de Bombeiros do Maranhão, o corpo foi encontrado por volta das 6h30. Ele havia desaparecido quando pescava em um sítio na cidade de Timon (MA), cidade vizinha a Teresina. O rio Parnaíba faz a divisa entre Timon e Teresina.

Segundo os bombeiros, o corpo foi achado sem sinais de ferimentos e a principal suspeita é de afogamento. Ele estava sendo procurado desde que entrou nas águas e desapareceu na quarta-feira.

Os militares informaram ainda que o corpo foi achado por pescadores da região, que acionaram a equipe de resgate. O Instituto Médico Legal foi acionado e o corpo foi resgatado para passar por exames que confirmarão a causa da morte.

Siga o blog no FacebookInstagramTwitter YouTube
O Ministério da Saúde atualizou os dados sobre coronavírus e descartou um caso suspeito em Minas Gerais. Com isso, o número de casos no Brasil é de 12 suspeitos e 10 descartados. O caso suspeito em Minas Gerais passou por três exames diferentes e todos deram negativo para o novo coronavírus. A informação do Ministério foi corrigida pelo secretário de vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira, durante uma coletiva de imprensa para atualizar o monitoramento no país.
Coronavírus: Movimentação no Aeroporto Internacional de São Paulo em Guarulhos após chegada de voo chinês
Os casos estão divididos entre os estados do Ceará (1), Paraná (1), Rio Grande do Sul (2), Santa Catarina (1) e São Paulo (7). Sobre os 12 casos suspeitos, 4 já passaram por exames comuns e não foram classificados como vírus tradicionais, como influenza, por exemplo. Com isso, foram encaminhados para análises específicas junto ao laboratório da Fiocruz. Outros 8 casos estão nos processos mais comuns de identificação. 

Em razão do avanço da doença pela China (onde há a maior parte dos casos) e no mundo, a OMS (Organização Mundial da Saúde) decretou ontem (30) emergência sanitária global.

O Ministério da Saúde informou que há 7.818 casos confirmados no mundo, dos quais 7.736 (99%) na China. No país asiático há 12.167 casos suspeitos, destes, 1.370 são casos graves. Segundo o balanço da OMS, são 170 óbitos na China. 

No resto do mundo há outros 82 casos espalhados por 18 países. 

Saiba mais no site do UOL.

Siga o blog no FacebookInstagramTwitter YouTube
João Augusto Liberato, filho mais velho de Gugu Liberato, registrou um boletim de ocorrência contra a própria mãe, Rose Miriam di Matteo, após o enterro do pai, em novembro de 2019. De acordo com reportagem publicada pela revista Veja, o garoto se sentiu dentro de uma armação.As informações são do Metrópoles
O episódio, conforme a publicação, ocorreu dias depois da leitura do testamento deixado por Gugu. Antes de João registrar o B.O., Rose havia feito o mesmo contra o advogado Carlos Regina, antigo amigo do apresentador.

A médica alegava ter sido coagida a assinar um documento pelo advogado. Contudo, a queixa de João ocorreu quase que simultaneamente com a da mãe, que não esperava a atitude do filho.

João decidiu expô-la após supostamente ter sido levado à casa de um “amigo” da família por Rose, no mesmo dia do enterro de Gugu. Contudo, ao chegar no local, o rapaz teria se dado conta de ter caído em uma “cilada”. O homem era o advogado Nelson Wilians.

O profissional seria o responsável por representar os interesses de Rose em relação ao testamento e à conquista dela pela herança. João, portanto, decidiu ir embora e comunicar às autoridades o ocorrido.

Siga o blog no FacebookInstagramTwitter YouTube
Familiares de mulher que estava desaparecida foram ao local e afirmaram que membros do corpo pode ser de moça desaparecida. 

Pernas de uma mulher foram encontradas no Beco dos Escoteiros, no bairro Compensa 2, Zona Oeste de Manaus, na noite de quinta-feira (30). Segundo a polícia, pessoas que passavam pela rua 23 de Dezembro, esquina com o beco, viram os membros de um corpo humano jogados na calçada.
Familiares de uma mulher acreditam que os membros pertencem a uma moça que estava desaparecida. Eles foram ao local e as identificaram pela cor da unha e uma tatuagem. A confirmação, no entanto, deve sair com resultado da perícia.

Segundo policiais militares da 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), eles foram acionados por volta de 20h, por moradores do bairro que encontraram as pernas. Ainda segundo a polícia, ninguém soube informar quem teria deixado os membros do corpo no local.

“Eu estava voltando do mercado com um amigo meu e passamos pelo beco. A gente viu a perna e se assustou. Pensamos até que fosse de brinquedo. Fomos embora, mas ficamos pensando e voltamos lá para ver se era mesmo. Já estava cheio de gente e chamaram a polícia.

As pernas foram encaminhadas para o Instituto Médico Legal (IML). A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) deve investigar o caso para descobrir quem teria matado a mulher e a motivação do crime.

As informações são do G1 AM

Siga o blog no FacebookInstagramTwitter YouTube
Antenor Ferreira 

Na tarde desta sexta-feira (31), fechando o mês de Janeiro que já entra na lista como um dos mais violentos da Capital, mais um homicídio foi registrado, dessa vez de um suposto envolvido em roubo de táxi. 
Segundo informações, dois homens tomaram de um assalto um táxi na Avenida Litorânea, na fuga se desentenderam e um acabou morrendo nas imediações da Estrada da Maioba . 
O taxista havia sido liberado pouco antes. O criminoso morto foi atingido por disparos de arma de fogo e morreu no local.

Assista o vídeo: 
Estamos aguardando mais informações.

Siga o blog no FacebookInstagramTwitter YouTube

Os deputados federais Hildo Rocha e Eduardo Braide se reuniram ontem com o superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Mauricio Itapary, com a finalidade de tratar sobre projetos de promoção, difusão e fortalecimento da cultura maranhense que estão sendo preparados pelo órgão. Na ocasião, Rocha e Braide firmaram o compromisso de contribuir com R$ 700 mil reais, por meio de emendas parlamentares individuais que serão investidos em apresentações de grupos folclóricos, oficinas e inúmeras ações artísticas da cultura maranhense.


“Maurício Itapary é um gestor competente e tem feito excelente trabalho à frente do Iphan. Mas, para que ele possa levar adiante os projetos e intensificar as atividades do órgão é necessário recursos. Pensando nessa questão, o deputado Eduardo Braide me convidou para uma reunião com o superintendente da instituição, Marcelo Itapary, a fim de somarmos esforços e apoiarmos mais ainda o Iphan, com o objetivo de valorizar a nossa cultura e preservar os nossos bens históricos. Eu e o deputado Eduardo Braide somos membros da Frente Parlamentar em Defesa do Patrimônio Histórico Nacional, portanto, estamos cumprindo com o nosso dever e o nosso compromisso de trabalharmos em defesa da cultura maranhense e da cultura nacional”, destacou Hildo Rocha.


“Posso afirmar que em breve os maranhenses serão surpreendidos com um conjunto de ações inovadoras que serão promovidas pelo Iphan, com nosso apoio. Parabenizo a instituição pela atuação em todo o território nacional e no Maranhão, trabalho esse que é merecedor do nosso apoio e, por isso, aproveitamos esse encontro para reafirmarmos o nosso compromisso de continuarmos apoiando o patrimônio artístico, histórico e cultural do nosso Estado e do nosso País”, afirmou o deputado Eduardo Braide.

Capital do Bumba boi

O deputado Hildo Rocha é o autor da Lei 13.851/19, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro, em 4 de julho de 2019, que concede a São Luis o título de Capital Nacional do Bumba boi. Ao lado de Eduardo Braide, Rocha também trabalhou pela elevação do Bumba boi do Maranhão ao título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, concedido pela Unesco.
“Recebo essas manifestações de apoio com grande satisfação. Os deputados Hildo Rocha e Eduardo Braide são muito atuantes e tem relevantes serviços prestados ao Maranhão em diversos setores incluindo-se o setor da cultura popular”, ressaltou Itapary.

O papel do Iphan

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) é uma autarquia federal que responde pela preservação do Patrimônio Cultural Brasileiro. Cabe ao Iphan proteger e promover os bens culturais do País, assegurando sua permanência e usufruto para as gerações presentes e futuras.

A Constituição Brasileira de 1988, em seu artigo 216, define o patrimônio cultural como “formas de expressão, modos de criar, fazer e viver. Também são assim reconhecidas as criações científicas, artísticas e tecnológicas; as obras, objetos, documentos, edificações e demais espaços destinados às manifestações artístico-culturais; e, ainda, os conjuntos urbanos e sítios de valor histórico, paisagístico, artístico, arqueológico, paleontológico, ecológico e científico”.

Nos artigos 215 e 216, a Constituição brasileira reconhece a existência de bens culturais de natureza material e imaterial, além de estabelecer as formas de preservação desse patrimônio: o registro, o inventário e o tombamento.

Assista vídeo:

Siga o blog no FacebookInstagramTwitter YouTube
O casal e o filho adolescente foram achados carbonizados no carro da família, no limite entre São Bernardo e Santo André, na madrugada de terça 

A empresária Flaviana Gonçalves, 40 anos, teria sido obrigada a dirigir o carro em que seu corpo foi encontrado carbonizado, junto com os do marido e do filho, dentro do porta-malas, na madrugada de terça-feira (28), em São Bernardo do Campo (ABC), segundo a polícia. As informações são do UOL.
Pouco antes, por volta de 1h15, o porteiro do condomínio onde a família morava, em Santo André, também no ABC, teria visto a empresária saindo com o carro da família, também de acordo com a polícia.

Em entrevista nesta quinta-feira (30), o delegado seccional de São Bernardo, Ronaldo Tossunian, afirmou que o comerciante Romoyuki Gonçalves, 43 anos, e o filho do casal, Juan Gonçalves, 15, teriam sido colocados mortos no veículo dirigido pela mulher. Ana Flávia Menezes Gonçalves, 24 anos, filha do casal, e a namorada dela, Carina Ramos, 26, foram presas na noite desta quarta-feira (29), por suspeita de envolvimento no crime, por determinação da Justiça.

Flaviana teria sido morta da mesma forma, mas não na residência, já que depois que o veículo da família, um Jeep Compass, não voltou mais ao condomínio. Segundo disse o porteiro à polícia, o Fiat Palio de Ana Flávia passou pela portaria instante antes.

O casal e o filho adolescente foram achados carbonizados no carro da família, no limite entre São Bernardo e Santo André, na madrugada de terça. O carro foi queimado. Segundo a polícia, pai e filho foram mortos com pancadas no lado direito da cabeça, dentro da casa onde moravam no condomínio Morada Verde, em Santo André.

A causa da morte dos três, segundo laudo preliminar do Instituto Médico Legal, foi traumatismo cranioencefálico. Os corpos, de acordo com a polícia, foram identificados pelas arcadas dentárias. Segundo câmeras de monitoramento, o carro de Ana Flávia entra e sai do condomínio três vezes, entre 18h16 e 22h12 de segunda-feira (27). Neste meio tempo, às 20h09, ainda segundo as imagens, Carina entra a pé no local, usando um moletom com capuz. "Chamou a atenção ela usar essa roupa, pois estava muito quente neste dia", frisou o seccional.

Uma testemunha afirmou à polícia que antes de Flaviana chegar em casa com o Jeep, às 22h36, um homem, de aproximadamente 1,90 metro de altura, foi visto com as duas suspeitas. O assassinato de pai e filho, ainda segundo a polícia, ocorreu pouco antes de o empresário preparar o jantar. "Havia frango ao lado de uma panela com óleo quente", disse o delegado Paul Henry Bozon, que coordena as investigações.

A polícia afirmou que Flaviana foi provavelmente rendida e obrigada a dirigir o carro com os corpos do filho e marido no interior. A investigação agora tenta descobrir se a mulher foi sequestrada antes de chegar em casa, ou quando chegou ao local, após sair do trabalho em um shopping de Santo André.

O delegado Bozon acrescentou que foram encontradas marcas de sangue na região dos joelhos e na altura do zíper de uma calça de Ana Flávia, que havia sido lavada. A identificação ocorreu mediante o uso de luminal (substância que indica a presença de sangue que não pode ser visto a olho nu).

"Este crime foi feito com extrema crueldade e foi premeditado", afirmou Bozon.

CONTRADIÇÕES
A polícia disse que as duas suspeitas afirmaram, em depoimento, que Juan, Flaviana e Romuyuki teriam sido mortos por um suposto agiota, para quem a família deveria R$ 200 mil. "Elas também afirmaram que houve uma discussão [na noite do crime] entre as suspeitas e a família", acrescentou Bozon.

As duas ainda afirmaram à polícia que, por conta da discussão, Flaviana teria afirmado que sairia com o marido e o filho, para abastecer o Jeep e viajariam para Minas Gerais. As suspeitas por isso, segundo depoimento, resolveram também sair do imóvel -segundo a polícia, as duas moram juntas em uma favela a cerca de 10 minutos do condomínio.

"Porém, a testemunha, que está protegida, conta uma história que as desmente em tudo", afirmou o delegado.

Segundo a testemunha afirmou em depoimento, após a chegada de Flaviana, o Jeep foi estacionado em frente à casa das vítimas, com o porta-malas voltado para o imóvel.

O homem, ainda segundo a testemunha, ajudou uma das duas suspeitas a colocar grandes embrulhos no porta-malas do Jeep.

Imagens de câmeras de monitoramento mostram um quarto suspeito a pé, do lado de fora do condomínio, segurando dois capacetes de moto nas mãos, minutos antes de os carros saírem do local.

Outro ponto de contradição, segundo a polícia, é o em que as suspeitas em nenhum momento falam sobre o sangue encontrado na casa, além de estar tudo revirado na residência.

Foram levados do local, ainda segundo a polícia, R$ 8.000, dólares, joias e uma espingarda antiga. A arma, o dinheiro e as joias não foram encontrados.

A polícia solicitou a quebra do sigilo telefônico de Ana Flávia e Carina.

PERFIS
O delegado Bozon afirmou que Ana Flávia e Carina demonstraram comportamentos diferentes durante os depoimentos prestados nesta terça, no Setor de Homicídios de São Bernardo do Campo –as duas foram ouvidas novamente na tarde desta quinta-feira (30).

Segundo o policial, Ana Flávia estava muito nervosa. "Houve momentos em que ela não conseguia nem falar", salientou. A filha do casal, inclusive, teria passado mal e vomitado, de acordo com a polícia.

Já Carina, ainda conforme o delegado, "é mais fria" do que a namorada. "Ela se manteve calma enquanto contou sua versão", afirmou o policial.

OUTRO LADO

O advogado Lucas Domingos, que defende Ana Flávia e Carina, afirmou que as duas negam participação e autoria no crime.

Questionado sobre contradições nos depoimentos delas, ele disse que quando tiver acesso ao inquérito do caso verificará "quais são".

"Também preciso ter acesso às filmagens e falar melhor com elas para constatar se de fato existem contradições. Tenho que ver o que posso fazer para ajudá-las."

Ele afirmou que foi contratado por uma amiga das suspeitas, que preferiu não identificar.
Informações extraídas do portal Meio Norte 

Siga o blog no FacebookInstagramTwitter YouTube
Antenor Ferreira 
Fotos: Lucas Nascimento 
A agenda da prefeita de Anapurus, Professora Vanderly Monteles (PCdoB), está cada vez mais movimentada com a aproximação do período eleitoral. Naturalmente ela segue como pré-candidata à reeleição. 

No último fim de semana a mandatária participou de vários momentos, onde recebeu novas declarações de apoio de moradores, até mesmo de localidades pertencentes a outros municípios

Os encontros da prefeita e sua comitiva tiveram início no último sábado (25), quando ela se deslocou a localidade Baixão da Coceira, que apesar de pertencer ao município vizinho de Santa Quitéria depende de Anapurus em vários serviços. 
Prefeita Vanderly Monteles recebe demonstrações de carinho de moradores do povoado Baixão da Coceira 
No povoado a prefeita se reuniu com vários moradores, ocasião em conversaram sobre o cenário político de ambos os municípios, carências da comunidade e expectativas para o próximo período eleitoral. 


Moradores do povoado Baixão da Coceira fazem festa com a presença da prefeita de Anapurus, Professora Vanderly 
O líder político Ivanildo Monteles chegou a declarar publicamente seu possível apoio a pré-candidata a prefeita de Santa Quitéria, Sâmia Moreira, que vem recebendo grande aceitação dos pretensos eleitores. 

Vanderly agradeceu o carinho dos moradores da comunidade, destacando que sente-se feliz por saber que o trabalho de sua gestão repercute e beneficia moradores, além fronteiras. 
Médico Tânios Matias também participou do encontro 
Já no domingo (26), Vanderly e sua comitiva participaram de uma reunião na residência do vereador Faris Dean, na localidade Água Rica. 

O parlamentar reuniu diversos amigos para reafirmar apoio a prefeita e apresentar algumas reivindicações para a comunidade. 


Além da líder do executivo estiveram também presentes seu esposo e líder político Ivanildo Monrteles, o vereador Reinaldo Clauck e secretários municipais. 

No período da tarde ela esteve na localidade Claúdio, onde participou de um momento festivo em comemoração ao aniversário do amigo "Maior". 
O aniversariante e moradores presentes aproveitaram para agradecer pelo trabalho que a gestão desenvolve na zona rural, antes esquecida. 


Confira mais fotos: 


















Siga o blog no FacebookInstagramTwitter YouTube
Um mecânico de 51 anos foi encontrado morto, na Área de Desenvolvimento Econômica (ADE) de Águas Claras, na noite dessa terça-feira (28/01/2020). Os policiais militares foram acionados por meio do 190 e, chegando ao local, encontraram a vítima no chão, com sinais de violência. A suspeita é uma adolescente de 13 anos que teria usado um tijolo para assassinar o homem. As informações são do Metrópoles
Tijolo usado pela adolescente
Os moradores tentaram reanimar a vítima, identificada como Antônio Soares da Silva. O Corpo de Bombeiros foi acionado e constatou a morte. A adolescente, suspeita de cometer o crime, estava no endereço e também precisou de atendimento médico após passar mal.

Ao ser levada ao Hospital Regional de Taguatinga (HRT), ela disse que cometeu o ato após sofrer uma tentativa de estupro. A Polícia Civil, porém, ainda não tinha ouvido ela formalmente até a manhã desta quarta-feira (29/01/2020).

Mas no hospital a adolescente detalhou que, na noite dessa terça-feira (28/01/2020), estava com a sua irmã, que está grávida, andando em via pública. Contou que Antônio teria mexido com ela, assoviado, e mostrado o pênis. Logo em seguida, teria corrido e tentado agredi-la. Momento que a adolescente deu uma “gravata” no mecânico e o enforcou.

O homem caiu e a adolescente começou a agredi-lo com chutes na cabeça. Depois, pegou um tijolo e jogou na cabeça dele. Ressaltou ainda que a irmã se aproximou e tentou impedir as agressões. Garantiu que só quis se defender de um possível estupro e não conhecia Antônio.

A ocorrência foi registrada na 21ª DP (Pistão Sul) e encaminhada para a Delegacia da Criança e do Adolescente, que investiga todas as versões apresentadas. Inclusive de uma irmã da adolescente, que contesta a versão da suspeita. Ela disse que a menina estava sob efeito de drogas e teria matado após o mecânico negar uma carona. O local do crime passou por perícia.

Funcionários da mecânica RV Auto Center, local onde Antônio Soares da Silva trabalhava, lamentaram a perda do colega. O patrão da vítima, Robson Garrido, 48, disse que o mecânico era “excelente funcionário” e que ele não era de ter desavenças. “Estou muito sentido porque trabalhava com ele há 16 anos. Não mexia com ninguém”, afirma.

Siga o blog no FacebookInstagramTwitter YouTube
Antenor Ferreira 

As fortes chuvas que caíram sobre São Luís na tarde desta quinta-feira (30), deixaram um rastro de prejuízo. 
Fotos e vídeos mostram ruas e avenidas da Capital completamente inundadas. Carros,  casas e estabelecimentos comerciais foram tomados pela água. 

Na Avenida Guajajaras, uma das principais da Capital, carros subiam no canteiro central, na tentativa de escapar da água, que transformou a via num verdadeiro rio. Assista: 
Em vários bairros a situação foi parecida. Um vídeo mostra uma quantidade surpreendente de água em uma das ruas do bairro Maiobão. Veja: 
A previsão para esta sexta-feira (31, é de mais chuva para Capital e interior do estado. 

Siga o blog no FacebookInstagramTwitter YouTube

Assista!

Assista!
Clique para se inscrever na página

Clique na imagem e confira!

Nos Siga no Facebook

Mais lidas da semana

Ouça a rádio voz de arari!

Arquivo da página