MARANHÃO

BAIXO PARNAÍBA

BRASIL e Mundo

CRIMES

Videos

Em entrevista, Aldo Lopes reafirma seu nome como pré-candidato em Cururupu/MA

CURURUPU (MA) – Com a proximidade do período eleitoral, é cada vez mais importante a realização de diálogos sérios que falem sobre política, sobre eleição, e sobre tudo sobre os problemas enfrentados pelas cidades, e principalmente sua população, trazendo fatos atuais e sua projeção para o futuro. Com esse objetivo, a rádio Alvorada FM, através do programa “Comando Geral”, cuja apresentação é do locutor Cláudio Mendes, na tarde deste domingo (6), entrevistou o pré-candidato a prefeito de Cururupu, pelo PSB, Aldo Lopes, que reafirmou seu nome da disputado pelo comando do executivo municipal nas eleições deste ano.


Aldo Lopes de 47 anos, é natural do município de Cururupu, nasceu na Ilha de Valha-me Deus, região litorânea do município, pai de 4 filhos, reside na sede do município a muitos anos, juntamente com filhos e esposa. Aldo já foi vereador, secretário e vice prefeito do município, e sempre morou em Cururupu, onde fez sua carreira política.

O principal tema abordado na entrevista foi a questão jurídica que impedia que Aldo Lopes pudesse disputar as eleições de 2020, situação essa já totalmente exaurida (esgotada), uma vez que em decisão proferida pelo Tribunal de Justiça do Maranhão recentemente, foi suspenso os efeitos de uma decisão condenatória imputada ao pré-candidato, com a última decisão, Aldo Lopes está apto a concorrer nas eleições de 2020.

Aldo explicou que foi pego de surpresa com a condenação, e que seus advogados na época, simplesmente não “deram a devida atenção ao caso” deixando que a situação transitasse em julgado lhe prejudicando, Aldo disse ainda acreditar que houve má fé de seus advogados da época, uma vez que não deram a devida atenção ao caso. Diante da situação, Aldo buscou novos advogados para cuidar do seu caso, e através de uma Ação rescisória [uma ação autônoma, que tem como objetivo desfazer os efeitos de sentença já transitada em julgado], conseguiu suspender os efeitos da condenação, e dessa forma, está totalmente elegível e apto para concorrer às eleições deste ano.

Após a entrevista, Aldo Lopes conversou com a equipe do ICURURUPU, na oportunidade destacou a importância do julgamento em segunda instância, para o reanálise de uma sentença de primeiro grau, o pré-candidato disse ainda que é um “homem temente a Deus”, e que nunca havia perdido a esperança de ter seus direitos políticos restabelecidos.

“Eu nunca tive um único dia que não acreditasse na possibilidade de ter meus direitos políticos restabelecidos, eu nunca me conformei com essa situação, e não me conformei porque sempre tive certeza que não cometi nenhum crime, e essa foi uma das principais razões que lutei até as últimas consequências para provar minha inocência, sei que meus adversários durante muito tempo usaram isso contra mim, fiquei sabendo que andavam inclusive com a condenação em mãos para convencer as pessoas que eu não seria candidato”.

“Eu sempre me mantive calado e focado em minha defesa, porque sempre acreditei primeiro em Deus e em segundo na justiça, e quando veio a decisão, me sentir no dever de colocar o meu nome para disputar as eleições, afinal, isso não é um projeto pessoal, é sem dúvida a vontade de todo um povo que acredita em mim, e é por isso que daqui pra frente, a exemplo do que fiz em minha defesa, estarei focado unicamente em buscar um projeto viável para Curururpu. Muitos me cobram se não vou revidar os “ataques covardes” que venho sofrendo, principalmente nos últimos dias, após meu nome está confirmado na disputa, não tenho nenhum compromisso com quem me ataca, com quem faz “a política baixa”, meu compromisso é com o povo, e é assim que vou prosseguir”, disse emocionado Aldo Lopes.

Ao ICURURUPU, Aldo Lopes salientou que, mesmo após a derrota nas eleições de 2016, não parou de planejar rumos e ações para o município, colocando-se agora à disposição para as discussões visando o pleito deste ano.

Pontua que a sua pré-candidatura também se impulsiona pela influência de seu grupo, reconhecendo que a responsabilidade de governar é “muito grande”, destacando que tem como uma de suas preocupações, o desenvolvimento do município a longo prazo. “Por isso, as pessoas que desde já começam a integrar esse projeto, são altamente capacitadas”, afirma.

Analisando sua votação obtida nas eleições de 2016 (6.666 votos votos), ou seja, 37,77% dos votos válidos, Lopes avalia que o resultado foi uma recompensa, que volta a se desenhar agora, com apoio de diversas pessoas e segmentos da sociedade. Aponta ainda que as diretrizes de seu plano de governo apresentado na última eleição deverão ser as mesmas em 2020, incluindo novas demandas da sociedade cururupuense, inclusive com a manutenção do grupo de partidos que o apoiou em 2016, com a inclusão de novas siglas.

Aldo Lopes disse ainda que, nas visitas que tem realizado nas comunidades, é visível a alegria e esperança que cada pessoa coloca em seu projeto, para Aldo, cada comunidade visitada reforçam a certeza que ele está no caminho certo.

“Durante muito tempo eu fiquei quieto e na minha, na verdade essa é uma das minhas principais características, sempre fui um homem simples, de costumes e hábitos simples, e acredito que por isso muitas pessoas se identificam comigo, tive oportunidades após as eleições de 2016 de deixar minha cidade, mais nunca pensei nessa possibilidade, além do mais, eu sempre tive um compromisso com o meu povo, e eu não tinha e não tenho o direito de decepcionar essas pessoas, é por essas e outras, que mais uma vez estou a disposição do povo”, finalizou Aldo Lopes.

Antenor Ferreira

Jornalista chapadinhense, 33 anos, apresentador de rádio e TV, e redator dessa página. Obrigado por sua visita! Siga-nos no insta: @antenor.oficial

Nenhum comentário:

Participe! Deixe seu comentário

Internet de qualidade é com:

Internet de qualidade é com:
Essa uso e indico!

Clique na imagem e confira!

Nos Siga no Facebook

Mais lidas da semana

Ouça a rádio voz de arari!

Arquivo da página