MARANHÃO

BAIXO PARNAÍBA

BRASIL e Mundo

CRIMES

Videos


Está disponível vaga de emprego em casa de família em Chapadinha. A pretensa funcionária deve ser solteira, que goste de animais (cachorro pequeno e gatos), e que tenha disponibilidade para dormir no local de trabalho. Em média 20 noites ao mês. 

Quem estiver interessada deve entrar em contato pelo whats (98) 99218 2809. Falar com Maria Alice. 
 Siga o blog no FacebookInstagram e Twitter 
A Comissão de Defesa e Proteção dos Animais da OAB-MA (CPDA) informou que o vigilante suspeito de esfaquear a cadela Nemeria, dentro da Faculdade Kroton/Pitágoras no Turu, se apresentou à polícia nesta quinta-feira (29). Em depoimento o suspeito negou o crime.
Nemeria, que foi brutalmente espancada na cabeça, passou por cirurgia e se recupera bem. O animal perdeu um dos olhos e ainda corre risco de ficar cega do outro. Reveja sobre seu estado de saúde AQUI. 

A comissão da OAB informou ainda que está tentando agendar encontro com membros do Ministério Público e da Faculdade Pitágoras para entender melhor o caso e avaliar o envolvimento da instituição de ensino.

“Tivemos informações de que a faculdade poderia ter orientado o funcionário a espantar o animal das suas dependências. Queremos esclarecer a situação e avaliar que medidas podem ser tomadas para que os responsáveis sejam penalizados”, declarou a presidente da CPDA, Camila Maia.

O caso está sendo investigado pela Delegacia do Meio Ambiente. 

 Siga o blog no FacebookInstagram e Twitter 
 Bolsonaro havia suspendido emprego do fogo em todo o Brasil por um período de 60 dias em meio à crise ambiental, mas nova regra abre exceção. Fogo precisa ser controlado e autorizado por órgão ambiental
O governo federal alterou o decreto que proibia as queimadas em todo o país durante o período da seca, e passou a permitir queimadas para fins agrícolas fora da AmazôniaLegal. As informações são do do G1

Com isso, esse tipo de queimada permanecerá proibido apenas no perímetro da Amazônia Legal, que compreende todo o território de Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia e Roraima, além de parte do Maranhão (veja no mapa abaixo).
 — Foto: Guilherme Luiz/G1
— Foto: Guilherme Luiz/G1

A mudança consta de uma edição extra do "Diário Oficial da União"publicada na sexta-feira (30).

O decreto original, publicado na quinta (29), suspendia a permissão do emprego do fogo em todo o Brasil por um período de 60 dias com o objetivo de proteger o meio ambiente.

O novo decreto estabelece que a suspensão não se aplica a "práticas agrícolas, fora da Amazônia Legal, quando imprescindíveis à realização da operação de colheita".

O texto ressalta que a queimada controlada dependerá de autorização prévia de órgão ambiental estadual, que poderá negá-la se forem constatados risco de vida, danos ambientais ou condições meteorológicas desfavoráveis.

A autorização também deixará de ser concedida se a qualidade do ar atingir índices prejudiciais à saúde humana ou os níveis de fumaça, originados de queimadas, atingirem limites mínimos de visibilidade que comprometam as operações aeronáuticas e rodoviárias.
A autorização será ainda suspensa ou cancelada se for registrado risco de vida ou ambiental, no caso de segurança pública ou de descumprimento das normas vigentes.

A suspensão das queimadas, conforme a primeira versão do decreto, continua não sendo aplicada aos casos de controle fitossanitário autorizado por órgão ambiental, em práticas de prevenção e combate a incêndios e na agricultura de subsistência de indígenas.

Permissão

Hoje, a legislação permite as queimadas somente em situações específicas e desde que liberadas por órgão ambiental. O uso do fogo é empregado na produção e manejo de atividades agropastoris, mas tem que obedecer a uma série de regras, como respeitar áreas com limites físicos previamente definidos.

A proibição por 60 dias foi anunciada em meio à crise ambiental e diplomática provocada pela escalada do número de queimadas e do desmatamento na Amazônia.

Siga o blog no FacebookInstagram e Twitter 
Antenor Ferreira 
Passou do hilariante ao sem noção vídeos que tomaram conta das redes sociais e aplicativos, mostrando o "desequilíbrio" de alguns clientes da rede de supermercados Mateus, em São Luís. 

A meia noite desta sexta-feira (30) foi dado início as promoções de aniversário, com 24 horas de queima de estoque no Mix Mateus do bairro Vinhais, na curva do 90. Antes da loja abrir e até mesmo dentro de suas instalações, o que não faltou foi brigas entre clientes, chegando ao ponto lamentável de uma mulher ser socorrida, após ferida por outra cliente.  

Nas imagens que verão abaixo é possível ver o momento em que uma cliente acaba sendo furada diversas vezes por uma senhora, após grande confusão na porta do estabelecimento. Ainda nas filas dos caixas outras brigas. Confira: 
A rede de supermercados ainda não se manifestou sobre o caso. 

Siga o blog no FacebookInstagram e Twitter 
A mulher presa suspeita de abandonar um recém-nascido atrás da roda de um carro em São Gonçalo, na terça-feira (27), alegou, em depoimento à polícia, que não tinha condições de criar a criança.

Policiais resgataram o bebê e receberam ajuda de moradores — Foto: Reprodução/TV Globo
A jovem tem 23 anos e tem outros três filhos. No depoimento, a mulher disse ainda que deu à luz o quarto filho em casa. A polícia não divulgou o nome da mulher, que vai responder por abandono de incapaz.

O bebê ganhou o nome de Pedro e foi levado para o Hospital Antônio Pedro, em Niterói. PMs do 7º BPM (São Gonçalo), primeiros a chegar no local onde a criança foi deixada, estão entre os que manifestaram interesse em adotá-la.

A criança foi encontrada por um estudante na localidade conhecida como Porto da Madama, ainda com o cordão umbilical. "Corri em casa peguei uma toalha pra enrolar a criança porque ela estava bem gelada e em seguida um outro vizinho passou e auxiliou também enquanto eu estava ligando pro socorro", lembra Alan Farias.

As informações são do G1

Siga o blog no FacebookInstagram e Twitter 
Acidente aconteceu na tarde desta sexta-feira (30), na região norte do Paraná; um dos trabalhadores sobreviveu e foi encaminhado para um hospital de Londrina

Acidente aconteceu durante a instalação de uma tubulação para irrigação da propriedade — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros
Quatro dos cinco trabalhadores que foram soterrados em uma obra, na zona rural de Marilândia do Sul, no norte do Paraná, na tarde desta sexta-feira (30), morreram. As informações são do G1

Segundo o Corpo de Bombeiros, os operários estavam trabalhando na instalação de uma tubulação para irrigação da propriedade com mais de quatro metros de profundidade quando a escora do local não aguentou e desabou.

Segundo o tenente Augusto Marks, o resgate do sobrevivente durou cerca de uma hora e meia.

"Todos estavam totalmente soterrados, mas o que estava com vida deu muita sorte porque ficou com uma fenda, ou seja, um pequeno espaço pra conseguir respirar", contou.

O sobrevivente foi resgatado e foi levado para a Santa Casa de Londrina, também no norte, com fratura no fêmur e contusão de tórax .

Siga o blog no FacebookInstagram e Twitter 
Antenor Ferreira 
Um vídeo enviado a redação do blog (98 98104 3443) mostra o desequilíbrio de clientes do Mix Mateus de São Luís, que literalmente foram aos tapas na porta do estabelecimento, momentos antes de ser dado início a tradicional queima de estoque, que celebra o aniversário da maior rede de supermercados do Maranhão. 

A briga aconteceu na noite desta sexta-feira, 30, justamente por conta das promoções anunciadas para começar a meia noite. A loja ainda estava fechada e centenas de clientes aguardavam do lado de fora. 

Não sabemos o que provocou a briga, apenas que felizmente ninguém saiu seriamente ferido. 

Assista: 

Siga o blog no FacebookInstagram e Twitter 
Antenor Ferreira 

Após ser rejeitado por Weverton Rocha (PDT), Juscelino Filho (DEM), Carlos Brandão (PRB) e pelo próprio governador Flavio Dino (PCdoB), o prefeito de Chapadinha/MA, Magno Bacelar, finalmente conseguiu "o seu lugar ao sol", no Cidadania da senadora Eliziane Gama. O interesse de Bacelar é a aproximação com o Governo do MA $$$. 

Aliado histórico do grupo Sarney, Bacelar contabilizou várias derrotas nas eleições de 2018. Perdeu com sua Governadora (Roseana Sarney), perdeu com seus Senadores (Sarney Filho e Edson Lobão), perdeu com seu Dep. Federal (Victor Mendes). Já com os "seus" dep. estaduais Levi Pontes e Paulo Neto, fez de conta que os  apoiou e NADA FEZ. Além disso, no dia da eleição digitou com todo gás na ANA; só pra não dá o gostinho de creditar o voto a um dos dois estaduais da região. Assim confessou a um amigo próximo, batendo palmas e esfregando as mãos com semblante jocoso, em tom de ironia e desdém a Levi e Paulo.

Comemorando o ingresso no partido de Eliziane, Bacelar celebrou o feito, esperando a tão sonhada aproximação com o governo, que até pouco tempo tanto combatia. 

Esse é o novo quadro do Cidadania; Magno Bacelar: Um político com prazo de validade(inelegível), decadente e com rejeição que beira aos 80%.

Siga o blog no FacebookInstagram e Twitter 
O deputado federal Hildo Rocha disse ontem, em pronunciamento na tribuna da câmara, que os governadores também são responsáveis pelo aumento das queimadas. Rocha destacou que o Código Florestal atribui aos Estados o dever de cuidar, fiscalizar e preservar as florestas, inclusive de fazer os licenciamentos ambientais.

“Eu ouço aqui vozes culpando apenas o presidente Jair Bolsonaro pelas queimadas. Entretanto, temos que dividir as responsabilidades. Se o Presidente da República tem culpa os governadores também têm culpa. Eu acho até que os governadores são os maiores culpados, eles têm mais culpa do que o Presidente da República, porque eles estão mais perto da população, eles estão mais perto dos problemas, mais perto dos locais onde ocorrem as queimadas. Inclusive a competência para fiscalizar e licenciar os plantios são dos governadores”, destacou o parlamentar.


Maranhão lidera o ranking de queimadas no nordeste

Hildo Rocha enfatizou que de acordo com dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), houve um aumento de 43% no índice de queimadas no Maranhão. O estado ocupa atualmente o primeiro lugar no ranking seguido pelos estados da Bahia e Piauí. No âmbito nacional o Maranhão é o sexto Estado brasileiro no quesito focos de incêndio.

“Para se fazer uma queimada é necessário autorização dos órgãos estaduais, ou seja, das Secretarias de Estado. Onde estavam os fiscais do meio ambiente do Maranhão que não viram isso? Onde estão os promotores de justiça que não fizeram a lei ser cumprida? Então, jogar a culpa apenas para o Presidente da República é mais fácil, mas não é o correto, não é justo”, argumentou o parlamentar.

Fatores agravantes

De acordo com o deputado, fazer queimadas ainda é uma prática muito usada por trabalhadores que não dispõe de meios adequados para fazer a limpeza dos terrenos, das roças que plantam. Segundo Hildo Rocha, a esse fator somam-se outras variáveis climáticas que ajudam a multiplicar os focos de queimadas.

“Este ano há, evidentemente, um aumento de incêndios em toda a região amazônica, em função da temperatura, da intensidade dos ventos e de outras variáveis climáticas que afetam tudo isso que está acontecendo, mas não podemos culpar apenas o Governo Federal. Eu pergunto: o que fizeram os governadores para evitar as queimadas? Então, eu vejo deputados aliados dos governadores, onde estão ocorrendo queimadas, subir na tribuna apenas para condenar o Presidente da República, pelo que está acontecendo no Brasil. E o governador deles, o que fizeram para evitar as queimadas? Isso não é correto, isso não vai resolver o problema. Temos que reconhecer as falhas e buscar soluções “afirmou o deputado.

Contribuição relevante para diminuir as queimadas

Rocha ressaltou que, na condição de deputado federal, tem contribuído para a diminuição da prática de queimadas no Maranhão.


“Só no ano passado entreguei, para associações e prefeituras maranhenses, 40 patrulhas mecanizadas que foram adquiridas com recursos federais provenientes de emendas parlamentares de minha autoria. Este ano já foram entregues outras 17 patrulhas. Dessa forma, centenas de trabalhadores rurais deixaram de fazer queimadas porque passaram a ter acesso a meios apropriados para evitar a roça no toco que só pode ser feita preferencialmente por meio de queimadas”, declarou o deputado.

Boas notícias

Hildo Rocha disse que apesar de algumas barreiras a economia brasileira está reagindo. O parlamentar se referiu aos índices divulgados ontem pelo IBGE. “A indústria brasileira voltou a crescer. Os investimentos voltaram a crescer, mas para que tenhamos melhor desempenho é necessário avançar mais com as reformas que precisamos fazer como é o caso da reforma tributária”, declarou o parlamentar.

Veja o discurso em vídeo: 

Siga o blog no FacebookInstagram e Twitter 
A cadela Nemeria, que foi vítima de violência brutal nas dependências da faculdade Pitágoras,  passou por cirurgia e segue com bom estado de recuperação. Ela  está sendo monitorada por aparelhos, mas não corre risco de morte, segundo a presidente e fundadora da ONG Dindas Formiguinha, Karina Borjas.
Aparelhos monitoram cadela Nemeria, após cirurgia
Karina concedeu entrevista ao Brasil Urgente, da Band São Luís, onde contou que Nemeria na verdade não foi esfaqueada, como informado anteriormente. A cadela deve ter sido atingida com fortes pancadas na cabeça.
Possivelmente o artefato usado para as agressões foi uma barra de ferra, ou pedaço de madeira. A violência foi tamanha que fez sacar os olhos do animal. Em razão disso, ela perdeu a visão do lado direito, e a esquerda ainda corre risco de ficar com sequela.
Seguimos na torcida pela recuperação de Nemeria, na esperança que o verdadeiro culpado possa responder pelo crime cometido.
Assista vídeo publicada na página Jeisael.comque mostra como está Nemeria, após socorrida:

Siga o blog no FacebookInstagram e Twitter 
Antenor Ferreira 
Imagem enviada por internauta  
Na tarde desta quinta-feira (29), um incêndio de grandes proporções atingiu a loja de departamentos Novo Mundo, do bairro Cohab, em São Luís. O Corpo de Bombeiros encontra-se no local combatendo as chamas. 

O incêndio, segundo informações de internautas, começou por volta das 14h no segundo piso da loja. Não há informações sobre feridos e o pode ter provocado as chamas. 

Veja vídeo: 

 Siga o blog no FacebookInstagram e Twitter 
Antenor Ferreira 
Imagem meramente ilustrativa. Entendedores entenderão 
Não vou mencionar nomes, mas, nas próximas linhas ficará bem fácil do caro leitor entender perfeitamente de quem falo. No município de Santa Quitéria/MA o período pré-eleitoral virou na verdade um balcão de feira, com mercadorias nada agradáveis, em alguns casos. 

Aproximando-se das eleições 2020 vários grupos tem dado início as suas mais que antecipadas pré-campanhas. Um em especial, liderado por um conhecido ex-prefeito da região, vem roubando a cena, mas da maneira mais negativa possível. 

Internautas do blog revelaram alguns detalhes das manobras escusas do grupo, que pretende colocar como candidata a filha dum ex-prefeito do município, o qual foi afastado do seu mandato, sob várias acusações.  

Segundo nossos informantes, o grupo está sendo montado a peso de ouro, com ofertas gordas para compra de lideranças e vereadores do município, que em alguns casos, chegam a "valer" R$ 200.000,00 (duzentos mil reais), isso mesmo. Detalhe: pagamento com "cheque pré-datado", ou seja, na promessa. 

As lideranças já "aliadas" e as possíveis novas adesões cooptadas, têm frequentemente posado ao lado da pré-candidata que encabeçará o grupo, em diversos locais e eventos do município. Fica até bonito na foto, mas a pergunta é se também será bonito o resultado nas urnas. 

Digo isso por que muitos dos que ali estão, já revelaram a pessoas próximas, e até mesmo de outros grupos políticos, que se a "bufunfa" não sair, ninguém fica.  

Além desse clima de instabilidade, que tem como principal característica o riso falso de conhecidas personalidades políticas do município, vem a opinião público quanto esse verdadeiro mercado de interesses. 

Pelo que vem sendo sentido, não apenas na região Baixo Parnaíba, mas em todo o Maranhão e País, a velha política do malote de dinheiro não tem tido resultados satisfatórios. Gente que nunca ocupou cargo público, tão pouco ostentou estrutura financeira em campanha, acabou levando a melhor, tirando do páreo vários abutres da política. 

É aguardar para ver os próximos capítulos. 

Siga o blog no FacebookInstagram e Twitter 
Ele foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável e exploração sexual de menor 

Um homem identificado por Valdemar Vitorino de Sousa, de 64 anos, foi preso pela Policia Militar nesta terça-feira, 27, acusado de estupro contra uma menor em Oeiras. O caso aconteceu no bairro Uberaba, onde o acusado residia. Ele era vizinho da família da menor que é deficiente mental.


Vitorino foi flagrado pela mãe da vítima, que imediatamente acionou a Polícia Militar que efetuou a prisão do acusado e o conduziu à Delegacia Regional de Oeiras.

Valdemar Vitorino de Sousa é natural da cidade de Dom Expedito Lopes e reside em Oeiras a cerca de três anos. Ele foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável e exploração sexual de menor.

O acusado está preso na Delegacia Regional. Após realização da audiência de custódia, o Juiz da comarca de Oeiras decretou a sua prisão preventiva.

Do Meio Norte 

Siga o blog no FacebookInstagram e Twitter 
Regra começa a valer nesta quinta-feira (29). Fogo para práticas de agricultura de subsistência das populações tradicionais e indígenas são exceção

As queimadas estão proibidas em todo o país durante o período de 60 dias, a partir desta quinta-feira (29). Decreto determinando a suspensão da permissão do uso de fogo nesse processo está publicado no DOU (Diário Oficial da União) desta quinta. As informações são do R7.

A medida não se aplica em casos como de controle fitossanitário, desde que seja autorizado pelo órgão ambiental competente; nas práticas de prevenção e combate a incêndios; e nas práticas de agricultura de subsistência das populações tradicionais e indígenas.

Operação Verde Brasil

A Operação Verde Brasil, que reuniu várias agências em torno do combate aos incêndios na Amazônia Legal, registrou diminuição nos focos de incêndio nos últimos dias. Embora ainda não haja confirmação de tendência de extinção do fogo nos próximos dias, a avaliação do governo até o momento é positiva.

“A avaliação é positiva. Com os parâmetros do Censipam [Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia], vimos que os focos de incêndio diminuíram bastante”, disse o vice-almirante Ralph Dias da Silveira, subchefe de operações do Estado-Maior das Forças Armadas, em entrevista à imprensa nessa terça-feira (28).

Segundo os dados do Censipam, havia focos de incêndio espalhados e mais intensos, principalmente, em Rondônia, Amapá, Pará e Maranhão entre os dias 25 e 26 de agosto. Na medição realizada entre os dias 26 e 27 de agosto, o mapa de focos de calor mostrou redução, principalmente em Rondônia, onde houve emprego de reforço no efetivo para combate ao fogo.

Combate às queimadas

Na última sexta-feira (23), o presidente Jair Bolsonaro autorizou o uso das Forças Armadas no combate aos incêndios na região. O decreto de GLO (Garantia da Lei e da Ordem) vale para áreas de fronteira, terras indígenas, em unidades federais de conservação ambiental e outras áreas da Amazônia Legal.

O efetivo empregado na Amazônia Legal, entre militares e brigadistas, é de 3.912 pessoas, além de 205 viaturas. O Brasil também recebeu ofertas de ajuda internacional. Dentre elas, o Chile ofereceu equipes especializadas e três aviões com capacidade de armazenar 3 mil litros de água e os Estados Unidos duas aeronaves para combate a incêndio.

Israel ofereceu 100 metros cúbicos (m³) de agente químico retardante de chamas e o Equador disponibilizou três brigadas com especialistas em combate a incêndios florestais. A ajuda internacional ainda não foi posta em prática, o que deve ocorrer, segundo Ralph Dias da Silveira, em breve.

Siga o blog no FacebookInstagram e Twitter 
Em pronunciamento na tribuna da Câmara, o deputado federal Hildo Rocha defendeu a realização de procedimentos investigatórios a fim de apurar possíveis irregularidades na aplicação de recursos públicos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). De acordo com o parlamentar a ‘caixa preta’ do BNDES já deveria ter sido aberta há muito tempo.

Operações inexplicáveis

Rocha enfatizou que lutou muito a fim de conseguir uma linha de financiamento para mototaxistas de todo o país. O deputado destacou que a maior parte dos mototaxistas do Maranhão estão trabalhando com veículos que tem mais de cinco anos de uso.

“Em média, o prazo máximo permitido pelas legislações municipais é de cinco anos de uso. Eu convenci o presidente Temer a abrir uma linha de crédito, por meio do BNDES, para a compra de motocicletas para os trabalhadores que vivem dessa atividade. O presidente Temer determinou a abertura da linha de crédito para os mototaxistas de todo o Brasil, mas a instituição sempre dizia que não tinha recursos. Agora que a caixa preta da instituição foi aberta, ficamos sabendo que os ricos do Brasil tiveram dinheiro do BNDES a 2,5% ao ano para comprar jatinhos e Helicópteros de luxo. Uma verdadeira farra com dinheiro do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Os R$ 60 milhões que o BNDES emprestou a juros subsidiadas para o apresentador Luciano Huck daria para financiar os 6.500 mototaxistas do Maranhão que estavam aptos a receberem o financiamento de suas novas motocicletas. Não dá para entender que ainda tem gente que era contra abrir a ‘caixa preta’ do BNDES”, lamentou o deputado.

Prejuízo de R$ 700 bilhões

Rocha ressaltou que só com as operações para favorecer grandes empresários houve um prejuízo, aos cofres públicos, de R$ 700 bilhões de reais.

“Se já tivesse sido aberta a ‘caixa preta’ já teríamos tido acesso às informações e eu, na condições de deputado federal, representante do povo maranhense na Câmara Federal, teria ido ao BNDES cobrar atendimento aos mototaxistas. Como é que não tem dinheiro para financiar os mototaxistas, mas tem para financiar grandes empresas que conseguiram empréstimos com juros de 2,5%, com um prazo de carência exagerado como a JBS? Isso está errado, essas mamatas têm que ser mostradas. Está de parabéns o novo presidente do BNDES que eu aplaudo pela atitude também e o presidente Jair Bolsonaro que desconfiou dessas maracutaias que foram escondidas nos outros governos e determinou a averiguação” argumentou Hildo Rocha.
Veja o vídeo: 

Siga o blog no FacebookInstagram e Twitter 
Antenor Ferreira 

Gilvan Teixeira Mendes, 32 anos, mais conhecido como “Dirin”, morreu após colidir sua moto contra uma vaca, na MA-020, zona rural do município de Presidente Vargas,  distante cerca de 165 km de São Luís. 
O acidente aconteceu na madrugada desta quarta-feira (28), nas proximidades da ponte do Purgão, saída do município. 

Segundo informações do blog do Sérgio Roberto, o motociclista voltava para casa, em sua motocicleta Honda CB 250, quando colidiu com o animal. Com o impacto “Dirin” teve morte imediata. 

O trecho onde o Gilvan morreu é conhecido pela grande quantidade de animais soltos, que já resultaram em vários acidentes. 

Siga o blog no FacebookInstagram e Twitter 
Antenor Ferreira 
Na madrugada desta terça-feira (27), um assaltante morreu após ser atropelado por um ônibus, no bairro Forquilha, em São Luís. O meliante, que não foi identificado, estava em fuga com seu comparsa, Matheus Teixeira, vulgo “Seu Garça”.
Corpo de assaltante caído ao chão 
Segundo a Polícia Militar, os dois haviam acabado de cometer vários assaltos no bairro Cohatrac e adjacências. Ao fugir em alta velocidade numa motocicleta eles acabaram furando o sinal vermelho e sendo acertados em cheio pelo veículo de passageiros. 

O veículo que os criminosos usavam havia sido roubado. 

Matheus Teixeira foi socorrido e levado ao hospital Dr. Clementino Moura, o Socorrão 2, e está fora de perigo, segundo informações. 

Siga o blog no FacebookInstagram e Twitter 
 Portal CN1
A Prefeitura de Anapurus, em parceria com o Banco do Nordeste, realizou na terça-feira (27/8), uma reunião com representantes do CrediAmigo.

O objetivo do encontro foi planejar um trabalho conjunto de orientações e informações juntos aos empresários da cidade. O evento contou com a presença da prefeita Vanderly Monteles.








Siga o blog no FacebookInstagram e Twitter 
Antenor Ferreira 
Fachada do hospital Cassiana Magalhães. Foto arquivo 
Totalmente reconstruído o hospital municipal Cassiana Magalhães, em São Benedito do Rio Preto/MA, é hoje uma unidade que serve de exemplo para a região Baixo Parnaíba.  

A população sambeneditense encontra na unidade atendimentos clínicos de urgência e emergência, realização de parto normal e cesário, cirurgias de baixa e média complexidade, exames de imagem como ultrassonografia e eletrocardiograma. Isso sem falar no serviço de raio X, que beneficia centenas de populares. 

Diferente de épocas passadas, quem chega ao Cassiana Magalhães encontra uma equipe médica, enfermeiros, técnicos e outros profissionais,  24 horas à inteira disposição. 

Vale destacar ainda a atuação de dentistas, médico pediatra, cardiologista, reumatologista e outros especialistas, que compõem o quadro clinico da saúde do município. Esses profissionais atendem semanalmente nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). 

A secretaria de saúde do município informa ainda que existem 8 equipes de PSF - Programa Saúde da Família, que reforçam o sistema de saúde pública. São dezenas de profissionais envolvidos, levando saúde diariamente ao povo de São Benedito do Rio Preto. 

O prefeito Maurício Fernandes destacou que a saúde sempre foi tratada como prioridade em suas duas consecutivas gestões. O mandatário reconheceu que ainda há muito por fazer, mas, não esconde a alegria de ver seu povo livre do desgaste de recorrer a outros municípios, para ter o mínimo de saúde. 

Siga o blog no FacebookInstagram e Twitter 
Uma pastora foi executada a tiros pelo ex-maridodurante um culto evangélico na noite desta terça-feira (27/8/2019), em Aquidauana, cidade localizada a 135 quilômetros de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul. As informações são do Uol.

Rose Meire Mendonça, 48 anos, celebrava um culto na Igreja Pentecostal Bandeira da Vitória quando foi atingida por três dos seis disparos feitos pelo seu ex-marido, Carlos Mendonça. Conhecida também como pastora Cida, Rose chegou a ser socorrida pelos fiéis presentes e levada a um pronto-socorro, mas não resistiu aos ferimentos.

O suspeito fugiu e foi localizado em uma casa nos fundos da igreja. Carlos confessou o crime à policia e tentou cometer suicídio, dando uma facada no próprio peito. Em depoimento para a polícia, o homem disse que cometeu o crime por não aceitar a separação, ocorrida há duas semanas.

Antes de assassinar a ex-mulher, Carlos teria deixado uma carta de despedida aos filhos, que não foi divulgada.

Siga o blog no FacebookInstagram e Twitter 

Nos Siga no Facebook

Mais lidas da semana

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ouça a rádio voz de arari!

Arquivo da página